Notícias

Banca de DEFESA: LUANA ELAINY ROCHA MAGALHAES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUANA ELAINY ROCHA MAGALHAES
DATA: 26/03/2018
HORA: 14:30
LOCAL: Sala 317/CCHL
TÍTULO: Entre o "escudo da morosidade" e as "oferendas aos deuses": um estudo sobre a lentidão dos processos do fórum cível de Teresina
PALAVRAS-CHAVES: Tempo; Morosidade; Judiciário; Processo.
PÁGINAS: 101
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Antropologia
RESUMO:

A morosidade do Poder Judiciário é um problema conhecido por todos. Quando se pensa nessa problemática, se analisa em geral causas objetivas como a falta de estrutura e a relação entre o número de processos e a quantidade de servidores. Nesse trabalho, contudo, se busca compreender a morosidade a partir de uma perspectiva da antropologia do tempo, por entender a morosidade como uma faceta temporal da burocracia. Além disso, se propõe a pensar a morosidade como uma prática de poder. A proposta aqui é buscar uma compreensão do tempo do direito a partir da morosidade, considerando de forma primeira as experiências das partes e das advogadas entrevistadas. Este trabalho nos permite sentir que a morosidade é algo que não é intrínseca ao processo físico/eletrônico, mas permeia por toda a experiência vivida dentro do Judiciário e que o tempo, que é a grande questão, que é o que está em jogo, é a dádiva buscada por quem adentra o Judiciário pleiteando algum direito, podendo ser manipulado, sendo possível ainda notar que o tempo é uma questão de percepção, isto é, que servidores não o experimentam da mesma forma que as partes advogadas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1326826 - CELSO DE BRITO
Presidente - 2129289 - MARCIA LEILA DE CASTRO PEREIRA
Interno - 422711 - MARIA LIDIA MEDEIROS DE NORONHA PESSOA
Externo à Instituição - RONALDO JOAQUIM DA SILVEIRA LOBÃO - UFF
Notícia cadastrada em: 15/03/2018 16:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 27/11/2022 05:36