Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: VALECIA NATALIA CARVALHO DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VALECIA NATALIA CARVALHO DA SILVA
DATA: 20/07/2016
HORA: 16:00
LOCAL: Auditório da direção
TÍTULO:

Influência da Imagética Motora e Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva nos níveis sorológicos de Dopamina e Serotonina


PALAVRAS-CHAVES:

Imagética Motora, Eletroencefalograma, HPLC, Dopamina, Serotonina.


PÁGINAS: 49
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Todo ser humano tem a habilidade de gerar processos cognitivos de percepção e ação na ausência de estímulos externos, podendo assim se imaginar realizando um ato motor. Este trabalho objetiva verificar as variações neurobioquímicas ocasionadas por conceito de Imagética Motora, diagonal de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva e associação dessas técnicas por meio de eletroencefalografia e análise dos níveis de serotonina e dopamina. Essa associação entre técnicas é vista nos novos modelos de reabilitação que integram estratégias diferentes em técnicas de aprendizagem neurofisiológica objetivando recuperações mais rápidas e eficazes. Porém, não se conhece bem as modulações endógenas na neurotransmissão influenciada pelo treinamento das técnicas e sua associação. Em busca de elucidar tais questões, o presente trabalho, com uma amostra de vinte homens hígidos, idade entre 18 e 28 anos, sedentários, 100% destros segundo o questionário de Oldfield, e assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido e que atingirem escore ≥ 15 no Revised Movement Imagery Questionnaire (MIQ-R). Os indivíduos passarão por quatro dias de procedimento, primeiro de familiarização da tarefa e três dias posteriores de experimento, com uma coleta de sangue antes e após a realização da tarefa de cada dia. A análise quantitativa da amostra sanguínea quanto à concentração dos neurotransmissores será por Cromatografia de Alta Eficiência (HPLC), traçando um limiar de base e posterior concentração modulada pela tarefa. O procedimento busca demonstrar as modificações corticais antes e após o treinamento comparado as variações neurobioquímicas, com limiar de base e variação após execução motora, realizando assim uma caracterização individual de cada participante e posterior efeito quanto à modulação e a técnica utilizada e associação.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2092495 - SILMAR SILVA TEIXEIRA
Externo ao Programa - 3870578 - FERNANDO LOPES E SILVA JUNIOR
Notícia cadastrada em: 18/07/2016 10:00
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 26/11/2022 05:25