Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DAVID DI LENARDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAVID DI LENARDO
DATA: 04/12/2017
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Reuniões do Campus Ministro Reis Velloso, Parnaíba
TÍTULO: AVALIAÇÃO DAS ALTERAÇÕES URINÁRIAS E RENAIS NA PERIODONTITE INDUZIDA EM RATOS
PALAVRAS-CHAVES: doença periodontal, estruvita, inflamação, nefropatias, reabsorção óssea
PÁGINAS: 57
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

A periodontite é uma doença inflamatória e crônica do periodonto, sendo causada pela atividade bacteriana presente na região do sulco gengival, responsável por provocar danos teciduais e reabsorção do osso alveolar. Esses danos são desencadeados pela ação do próprio organismo através da liberação de inúmeros fatores inflamatórios. Todavia, a doença pode provocar efeitos sistêmicos, dentre eles: alterações renais e aumento na atividade de espécies reativas de oxigênio. A liberação de citocinas pode estar provocando o aumento do estresse oxidativo nos rins, causando: alterações nas estruturas dos néfrons e congestão glomerular. Este estudo tem como objetivo analisar as alterações renais e funcionais do sistema urinário, bem como, mensurar os cristais na urina de ratas com periodontite induzida com progressão por 40 dias. Foram utilizadas 24 ratas sendo divididas em três grupos de oito animais cada: Grupo Controle composto por animais sem periodontite induzida, P20 e P40 configurados por animais com periodontite induzida e eutanasiados após vinte dias e quarenta dias respectivamente. As ratas foram submetidas às análises clínicas como: índice de profundidade da bolsa, índice de sangramento gengival, mensuração da altura óssea alveolar e mobilidade dentária. Além disso, foram feitas análises histomorfométricas dos corpúsculos renais e mensuração do sedimento urinário. Foi realizado também, dosagens em amostras séricas e urinárias de creatinina, ureia e ácido úrico, assim como: da glutationa reduzida, malondialdeído, dos tecidos renais, e mieloperoxidase da gengiva. Os resultados clínicos mostraram que o modelo utilizado para induzir a periodontite foi efetivo. Observaram-se alterações histomorfológicas nas estruturas dos corpúsculos renais dos animais com periodontite. Entretanto, os marcadores de função renal não apresentaram mudanças significativas entre os grupos. Com relação à análise do sedimento urinário, o número de cristais foi aumentado nos grupos periodontite e a área dessas estruturas aumentou significativamente no grupo P40. O intuito deste trabalho é complementar os achados de alterações renais provocado pela periodontite e melhor entender o mecanismo que atua em tais mudanças.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Externo ao Programa - 1919589 - FERNANDA MACHADO FONSECA
Interno - 1789383 - JEFFERSON SOARES DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 07/11/2017 21:55
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 08/12/2022 10:16