Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALESSANDRO LUIZ ARAÚJO BENTES LEAL

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESSANDRO LUIZ ARAÚJO BENTES LEAL
DATA: 12/07/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: REVALIDAÇÃO DE ESTUDOS SOBRE POLIMORFISMOS EM GENES DE MEDIADORES IMUNOLÓGICOS E O RISCO DE INFECÇÃO POR Dengue virus: ACHADOS DE UMA METANÁLISE COM ABORDAGEM BAYESIANA
PALAVRAS-CHAVES: Arboviroses. Dengue Grave. Variação Genética. Mediadores Inflamatórios.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
RESUMO:

A dengue é uma manifestação clínica da infecção pelo Dengue virus (DENV) bem marcada pela intensa resposta imune do hospedeiro com desenvolvimento de febre alta, anorexia, cefaleia e dores musculares. Vários mediadores imunes estão envolvidos na fisiopatologia da infecção por DENV, cujos polimorfismos em genes de moléculas imunes contribuem com a suscetibilidade e gravidade da infecção. Várias metanálises estão disponíveis com achados significativos na associação entre variantes genéticas em imunomediadores e dengue. No entanto, os resultados podem ser falsos-positivos e então, para solucionar esse problema, foi realizada uma reavaliação sistemática com abordagens bayesianas para verificar a taxa de falso-positivos nesses resultados. Uma busca sistemática foi realizada para estudos metanalíticos sobre o assunto mencionado. Os cálculos da probabilidade de relato de falso positivo (FPRP) e da probabilidade Bayesiana de falsa descoberta (BFDP) na probabilidade prévia de 10-3 e 10-6 foram realizados, para verificar a qualidade metodológica dos estudos incluídos, a avaliação pelos critérios de Veneza foram aplicadas. Além disso, redes gene-gene e proteína-proteína foram projetadas. Como resultados, foram encontradas sete metanálises sobre variantes genéticas em vários genes mediadores imuno-inflamatórios e infecção por DENV. Apenas os polimorfismos nos genes TNF, MICB, PLCE1, VDR, CD32 e HLA-A foram considerados dignos de nota. Houve um perfil de heterogeneidade para os resultados nos critérios de Veneza indicando uma variabilidade na qualidade metodológica. O gene-gene e a proteína-proteína mostraram esses mediadores imunológicos como atores relevantes na doença. Sugerimos esses polimorfismos como potenciais biomarcadores para a patogênese e resposta imune contra a infecção pelo DENV.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALINE ANDRADE DE SOUSA - UFPA
Presidente - 1640496 - ANNA CAROLINA TOLEDO DA CUNHA PEREIRA
Externo ao Programa - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Externo à Instituição - FELIPE RODOLFO PEREIRA DA SILVA - UFAM
Externo à Instituição - NAYANA YARED BATISTA - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 29/06/2022 16:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 11/08/2022 23:09