Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RAFAEL DA SILVA PRUDÊNCIO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAFAEL DA SILVA PRUDÊNCIO
DATA: 11/07/2022
HORA: 09:00
LOCAL: sistema remoto
TÍTULO: Avaliação do papel do óxido nítrico na lesão hepática induzida por nimesulida em camundongos.
PALAVRAS-CHAVES: Nimesulida, Estresse oxidativo, Óxido nítrico, Lesão hepática
PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A lesão hepática induzida por drogas é um problema clínico grave,
porque embora seja um evento raro, pode levar a insuficiência hepática aguda
fulminante. A nimesulida, um anti-inflamatório não esteroidal, está associada a 

hepatotoxicidade, porém os mecanismos da injúria celular induzida por esse
fármaco ainda não foram totalmente elucidados. Sabe-se que na toxicidade
provocada por fármacos há o envolvimento do estresse oxidativo no processo
que leva a lesão e morte das células do fígado. Dentre os agentes
responsáveis pelo estresse oxidativo, há evidências que sugerem que o óxido
nítrico, quando produzido em grandes quantidades e deforma exacerbada pela
enzima oxido nítrico sintase induzida (iNOS), é um mediador primário na lesão
de células hepáticas. Assim, objetivou-se investigar a participação do óxido
nítrico na lesão hepática induzida por nimesulida em camundongos. Para tal
fim, será administrado nimesulida (200 mg/kg) nos camundongos por via oral
através de gavagem, uma vez ao dia durante 5 dias consecutivos, exceto no
grupo I, controle negativo, que receberá salina mais Tween 80 (500 μL) por via
oral; os grupos II, III e IV, receberão intraperitonialmente o antagonista
inespecífico da isoforma iNOS, L-NAME, nas doses de 0,3 mg/kg, 1,0 mg/kg e
3,0 mg/kg dissolvido em solução salina estéril (0,9%); de modo semelhante os
grupos V, VI e VII receberão o antagonista específico da isoforma iNOS,
1400W, nas doses de 0,1 mg/kg, 0,3 mg/kg e 1,0 mg/kg dissolvido em solução
salina estéril (0,9%), ambos antagonistas serão administrados 30 minutos
antes de cada administração com nimesulida; grupo VIII será o controle
positivo e receberá nimesulida. Todos os grupos sofrerão eutanásia 2h após
indução no quinto dia de tratamento. Após os animais serem eutanasiados, por
meio de punção cardíaca, amostras de sangue serão coletadas com o
propósito de se avaliar as enzimas ALT, AST, fosfatase alcalina e albumina.
Amostras do fígado serão retiradas e estocadas para avaliação de peso
animal/peso fígado, histológica, GSH, MDA, MPO, NO3 e NO2, citocinas
inflamatórias e Western blot para iNOS.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1690196 - ANDRE LUIZ DOS REIS BARBOSA
Externo à Instituição - DIVA DE AGUIAR MAGALHÃES - UFDPar
Externo à Instituição - TARCISIO VIEIRA DE BRITO - FAPEPI
Notícia cadastrada em: 20/06/2022 12:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 14/07/2024 22:58