Notícias

Banca de DEFESA: ALLAN HENRIQUE BACELAR DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALLAN HENRIQUE BACELAR DA SILVA
DATA: 20/06/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Defesa online-Resolução 015/2020 CONSUN - https://meet.google.com/whi-nhnw-bzm?pli=1&authuser=0
TÍTULO: A DIFERENÇA SEXUAL NA ESCOLA: ABJEÇÃO COMO TENSÃO DO MÉTODO PEDAGÓGICO
PALAVRAS-CHAVES: Diferenças sexuais; Abjeto; Queer; Escola; Gênero.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Filosofia
RESUMO:

A diversidade sexual e de gênero são visivelmente vilipendiadas pelas práticas pedagógicas pautadas em documentos e discussões heteronormativas. Desta forma, essa diversidade é qualificada como algo “pecaminoso”, “desviante” ou “anormal”. Em se tratando do ambiente e prática escolar, tal diversidade é invisibilizada, em decorrência da heteronormatividade reinante. A partir dessa constatação, buscamos fundamentos epistemológicos, a partir de pensamento de Judith Butler (2015), para denunciar e criticar os pressupostos essencialistas com respeito à questão do gênero e do sexo no ambiente escolar, especialmente no que tange aos corpos que não estão enquadrados nas prerrogativas dos documentos e nas práticas educacionais, tidos agora como o “outro” sujeito, o abjeto. Para melhor objetivarmos a discussão, utilizamos os referencias teóricos de Butler (2015), Louro (2001, 2007, 2014) e Miskolci (2017), nos quais nos apresentam a discussão queer, para uma possível reelaboração conceitual-metodológica com respeito à prática educacional.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1447204 - JOSE SERGIO DUARTE DA FONSECA
Interno - 1210409 - DEYVISON RODRIGUES LIMA
Externo ao Programa - 1519136 - RAIMUNDO NONATO FERREIRA DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 19/06/2020 00:38
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 29/09/2022 02:41