Últimas Notícias
Banca de DEFESA: RALLYSON RAMON FERNANDO BARBOSA LOPES
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RALLYSON RAMON FERNANDO BARBOSA LOPES
DATA: 26/08/2022
HORA: 09:00
LOCAL: ON LINE
TÍTULO: ESTUDO DO PERFIL HEMODINÂMICO VASCULAR RENAL E DO TRATO DE SAÍDA DO VENTRÍCULO ESQUERDO EM PACIENTES HÍGIDOS
PALAVRAS-CHAVES: Diagnóstico por imagem, cães, doppler renal, resistência vascular, fluxo renal
PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Clínica e Cirurgia Animal
ESPECIALIDADE: Radiologia de Animais
RESUMO:

O Doppler é uma tecnologia agregada à ultrassonografia convencional que permite identificar e analisar estruturas que se movem, possibilitando a detecção e análise do fluxo sanguíneo nas fases sistólica e diastólica do ciclo circulatório, a mensuração de forma indireta da resistência vascular periférica e vem sendo aplicada de forma efetiva para avaliação de doenças renais em cães e gatos. Essa efetividade deve-se ao fato dos rins possuírem uma grande vascularização que pode sofrer alterações hemodinâmicas de acordo com algumas afecções, destacando-se como uma ferramenta importante e em potencial para se avaliar alterações de perfusão renal e avaliação precoce de nefropatias. O objetivo deste trabalho é realizar uma avaliação hemodinâmica e morfológica completa por ultrassonografia Doppler renal e da via de saída do ventrículo esquerdo em pacientes caninos sadios. No estudo foram avaliados 20 cães clinicamente sadios, não sedados, contidos fisicamente e com exames laboratoriais dentro dos valores de normalidade. Todos os animais foram submetidos a um exame ecocardiográfico completo, em seguida, o diâmetro interno da via de saída do ventrículo esquerdo (DVSVE) foi mensurado na janela paraesternal. A área transversa da via de saída do ventrículo esquerdo (VSVE) foi calculada utilizando a fórmula πr 2. A velocidade integral tempo (VTI) da VSVE foi mensurada pelo Doppler pulsado antes da válvula aórtica na janela apical cinco câmaras e subxifóide. O volume sistólico (VS) foi resultado do produto das medidas do VTI da VSVE e área transversa da VSVE. O débito cardíaco foi estimado pelo produto do VS e frequência cardíaca. A aferição dos índices de resistividade (IR) e de pulsatilidade (IP) foi mensurada a partir da análise dopplervelocimétrica das artérias renais de ambos os rins por meio da avaliação quantitativa e indireta da resistência vascular intrarrenal. A perfusão renal em cada vaso foi calculada utilizando-se a fórmula πr 2 x VTI do fluxo espectral x a FC. Observou-se que na comparação das médias não houve diferença estatística significativa, à exceção do índice de pulsatilidade (IP) cujo valor encontrado foi maior para o rim esquerdo quando comparado ao rim direito (P < 0,05). As variáveis que apresentaram coeficiente de correlação estatisticamente significantes em relação ao VTI da aorta foram: Diâmetro (A-RE) (r = 0,64), Raio RE (r = 0,64), VS-RE (r = 0,82), Diâmetro (A-RD) (r = 0,56), Raio RD (r = 0,60) e VS-RD (r = 0,84). Já em relação ao débito cardíaco, nota-se que as variáveis que apresentaram correlação estatisticamente significante foram: DR-RE (r = 0,92) e o DR-RD (r = 0,94). Conclui-se, portanto, que em situações em que haja comprometimento do débito cardíaco, pode-se instalar facilmente disfunção renal devido à hipoperfusão deste órgão, a qual é resultante do baixo influxo de sangue para os vasos arteriais renais.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDREZZA BRAGA SOARES DA SILVA - UNINASSAU
Externo ao Programa - 2657497 - BRUNO LEANDRO MARANHAO DINIZ
Presidente - 1640379 - FLAVIO RIBEIRO ALVES
Externo à Instituição - PORFÍRIO CANDANEDO GUERRA - UEMA

Cadastrada em: 08/08/2022
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 01/08/2022 - 02/08/2022 · Matrícula para o período 2022.2.
  • 08/08/2022 · Início do período letivo 2022.2.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 11/08/2022 09:08