Últimas Notícias
Banca de DEFESA: JOSÉ CLEDINALDO DOS SANTOS GUERRA
Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ CLEDINALDO DOS SANTOS GUERRA
DATA: 19/08/2024
HORA: 09:00
LOCAL: DEFESA DE TESE
TÍTULO: REFLEXÕES SOBRE PROFISSÕES INVISIBILIZADAS: O poder, o ser, o saber e o sentir na produção textual de futuros professores de língua espanhola no viés do letramento crítico
PALAVRAS-CHAVES: profissões invisibilizadas; futuros professores; língua espanhola; letramento crítico
PÁGINAS: 239
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Lingüística
RESUMO:

Esta pesquisa qualitativa foi desenvolvida com base nos princípios metodológicos da perspectiva interpretativista, transformativa e da pesquisa-ação e foi decorrente de uma disciplina acadêmica curricular de Língua Espanhola III: Ortografia, com carga horária de 60 horas-aula, ministrada por este pesquisador na Universidade Estadual do Piauí (UESPI), no ano de 2022. Nessa abordagem, os estudantes tiveram a responsabilidade de produzir textos referentes às entrevistas feitas com eles mesmos sobre algumas profissões que eles exerciam na época de realização da pesquisa. Foram matriculados quatorze alunos da graduação em Letras Espanhol dessa universidade pública, mas somente doze alunos participaram das aulas, no período de abril de 2022 a julho de 2022, de forma integralmente presencial. O principal objetivo desta pesquisa foi analisar como os futuros professores construíram significados sobre as relações de poder, ser e sentir a partir de suas produções textuais e como eles refletiam sobre a aprendizagem, tendo como suporte as profissões que exerciam. O embasamento teórico ficou a cargo da teoria do letramento crítico (Freire, 1987, 1989, 2011, 2014, 2015, 2016a, 2016b, 2019; Janks, 2013, 2016, 2018; Duboc, 2016, Monte Mor, 2012; Morrell, 2007; Jordão, 2016, 2017; Kalantzis; Cope; Pinheiro, 2020); decolonialidade (Maldonado-Torres, 2007; Santos, 2007; Quijano, 2005; Walsh, 2013); do letramento digital (Dudeney; Hocky; Pegrum, 2016; Barton; Lee, 2015, Buzato, 2009); da aprendizagem de língua adicional (Paraquett, 2009; Paiva, 2014; Rajagopalan, 2003; Canagarajah, 2011); e da leitura e escrita (Kalantzis; Cope; Zapata, 2019, Ferrarezi Júnior; Carvalho, 2015). Esses aportes teóricos embasaram esta pesquisa para uma abordagem renovada na educação de língua adicional no viés do letramento crítico. As investigações revelaram que os futuros professores de língua espanhola construíram significados e refletiram criticamente sobre relações de poder – resistência, opressão, violência, exploração, dominação, luta, justiça, injustiça e liberdade; ser  –  desumanização, amor próprio, valorização, injustiça, determinação, reconhecimento pessoal, diferenças, respeito e preconceito; saber – aprender, ensinar, educação, ensino tradicional, ensino voltado para o pensamento crítico, dificuldade na aprendizagem, construção de novos conhecimentos e saberes, autonomia na aprendizagem e convivência; e sentir – empatia, alteridade, valores, sofrimento, individualismo, coletividade, compaixão, respeito e humanidade. O texto que os futuros professores produziram na pesquisa fez com que eles pudessem refletir sobre a valorização do próximo, mostrando realidades, vivências e experiências do mundo real. Ademais, os resultados obtidos na pesquisa poderão contribuir para que futuros professores de língua espanhola possam refletir e entender que uma das formas de posicionamento decolonial pode acontecer através do ensino e da aprendizagem de uma língua adicional


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1631589 - BEATRIZ GAMA RODRIGUES
Interno - 1308749 - JOAO BENVINDO DE MOURA
Externo à Instituição - KLEBER APARECIDO DA SILVA - UnB
Interno - 1790769 - MARAISA LOPES
Externo à Instituição - SERGIO IFA - UFAL

Cadastrada em: 23/07/2024
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 06/03/2024 - 08/03/2024 · Matrícula para o período 2024.1.
  • 18/03/2024 · Início do período letivo 2024.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 24/07/2024 15:17