Notícias

Banca de DEFESA: THAISE KESSIANE TEIXEIRA FREITAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THAISE KESSIANE TEIXEIRA FREITAS
DATA: 21/12/2020
HORA: 09:00
LOCAL: VIDEOCONFERÊNCIA
TÍTULO: POTENCIAL DE LINHAGENS DE FEIJÃO-CAUPI (Vigna unguiculata L.Walp.) PARA QUALIDADE NUTRICIONAL E DE COZIMENTO DO GRÃO.
PALAVRAS-CHAVES: Vigna unguiculata. Índice de Qualidade Nutricional e de Cozimento. Composição centesimal. Fatores antinutricionais. Fibras alimentares.
PÁGINAS: 79
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
RESUMO:

O feijão-caupi destaca-se pelo alto valor nutritivo, baixo custo de
produção, além de sua importância socioeconômica para as famílias
das regiões Norte e Nordeste. Os programas de melhoramento de
feijão-caupi têm como objetivos aumentar a produtividade de grãos,
arquitetura de planta, resistência a doenças e, também, a qualidade
comercial e nutricional dos grãos. A seleção simultânea de caracteres
pode ser utilizada como uma opção eficiente para acelerar o processo
de melhoramento genético proporcionando ganhos genéticos
expressivos em diferentes caracteres. O objetivo deste trabalho foi
avaliar o potencial de linhagens de feijão-caupi de forma simultânea
para qualidade nutricional e de cozimento do grão. Foram avaliadas
inicialmente amostras de grãos de 100 linhagens de feijão-caupi,
oriundas do ensaio intermediário do programa de melhoramento de
feijão-caupi da Embrapa Meio-Norte, para os teores de proteína, ferro
e zinco e a qualidade de cozimento. As 12 linhagens com melhor
perfil de atributos avaliados na primeira etapa e selecionadas com base
no índice de qualidade nutricional e de cozimento (IQNC) foram
avaliadas para a composição centesimal, valor energético total e
fatores antinutricionais. As quatro linhagens que apresentaram o
melhor perfil nutricional e de qualidade de cozimento foram
analisadas quanto ao conteúdo de fibras alimentares. As análises
estatísticas dos dados dos teores de ferro, zinco e proteínas e da
qualidade de cozimento compreenderam análises de variância e as
médias foram agrupados pelo teste de Scott-Knott (P<0,05). As
médias dos teores de fitatos, taninos e fibras alimentares foram
comparadas pelo teste de tukey (P<0,05). Utilizou-se o IQNC para a
seleção simultânea para qualidade nutricional e de cozimento. Os
teores de proteína, ferro e zinco e porcentagem de grãos cozidos
mostraram variação de 20,82 a 26,92 g 100g-1; 3,58 a 6,06 mg 100g-1
;e 2,35 a 4,57 mg 100g-1 e 20 a 98 %, respectivamente. Os teores de
lipídios, carboidratos, valor energético total, ácido fítico e taninos
apresentaram variação de 0,74 a 1,98 g 100g-1 ; 62,62 a 69,60 g 100g-1
;360,87 a 377,71 Kcal 100g-1; 6,58 a 9,92 mg g-1; e 1,84 a 6,84 mg EC
100g-1; respectivamente. O teor de fibra alimentar total variou de
15,49 a 20,16 g 100g-1. As linhagens MNC11-1022E-9, MNC11-
1022E-58, MNC11-1023E-28, MNC11-1042E-4 apresentam potencial
para serem lançadas como cultivares com elevados teores de
nutrientes e melhor qualidade na cocção, atendendo, assim, a demanda
do consumidor.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 844.774.313-68 - KAESEL JACKSON DAMASCENO E SILVA - EMBRAPA
Presidente - 300.580.403-82 - MAURISRAEL DE MOURA ROCHA - EMBRAPA
Interno - 1167746 - REGILDA SARAIVA DOS REIS MOREIRA ARAUJO
Externo à Instituição - ROSEANE FETT - UFSC
Notícia cadastrada em: 18/12/2020 11:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 04/12/2022 01:46