Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ISABELE FRAZÃO MASCARENHAS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ISABELE FRAZÃO MASCARENHAS
DATA: 06/07/2022
HORA: 10:00
LOCAL: PPGAN
TÍTULO: EFEITOS DA DIETA RESTRITIVA E DIETA RICA EM GORDURA NO METABOLISMO TUMORAL, INICIAÇÃO, PROGRESSÃO E METÁSTASE NO CÂNCER DE MAMA: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE ESTUDOS PRÉ-CLÍNICOS IN VIVO E CLÍNICOS E METANÁLISE
PALAVRAS-CHAVES: câncer; dietoterapia; carga tumoral; fator de crescimento semelhante a insulina 1
PÁGINAS: 105
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
RESUMO:

Mascarenhas IF. Efeitos da dieta restritiva e dieta rica em gordura no metabolismo
tumoral, iniciação, progressão e metástase no câncer de mama: uma revisão sistemática
de estudos pré-clínicos
in vivo e clínicos e metanálise. 2022. Dissertação (Mestrado) –
Programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição, Universidade Federal do Piauí,
Teresina, Piauí.
O câncer na mama, assim como outros cânceres é caracterizado por células anormais que
crescem incontrolavelmente; para isso apresentam sinal de proliferação contínuo, evasão de
supressores tumorais e resistência à morte celular; características que acabam gerando a
imortalidade replicativa. Para o alcance dessas características a célula tumoral passa por
processos de reprogramação do metabolismo energético, fornecendo às células cancerosas
vantagens seletivas. Com isso a célula tem uma maior demanda de nutrientes como glicose,
serina e glutamina. Em nossa revisão objetivamos investigar sistematicamente se intervenções
dietéticas restritivas e dieta rica em gordura alteram o metabolismo tumoral e reduzem a
iniciação, progressão e metástase do câncer de mama em modelos
in vivo e em mulheres
diagnosticadas com câncer de mama. A revisão sistemática foi registrada no PROSPERO (nº
CRD42021266063; CRD42021266005) e a busca foi realizada em quatro bases de dados
eletrônicas (MEDLINE, Embase, Cochrane e Web of Science). Os termos utilizados na busca
foram: câncer de mama, dieta rica em gordura, restrição calórica, jejum intermitente, jejum,
restrição de carboidratos, dieta cetogênicam desenvolvimento, iniciação, promoção,
progressão e metástase. Os critérios de elegibilidade foram: mulheres com idade maior ou
igual a 19 anos diagnosticadas com câncer de mama ou animais com indução de câncer de
mama, ambos em tratamento dietético com dieta rica em gordura ou restrição calórica ou jejum
ou dieta cetogênica ou jejum intermitente; contento também um grupo controle, e que avaliaram
incidência de câncer, volume tumoral, metástase, glicose, insulina, IGF-1 e BHB; publicados
em inglês, português ou espanhol. Estudos elegíveis foram selecionados e revisados de forma
independente por dois revisores. Foram recuperados 1.402 estudos, dos quais 267 duplicados.
Foram elegíveis para a revisão sistemática 06 ensaios clínicos randomizados, 02 ensaios
clínicos não randomizados e 69 ensaios pré-clínicos. Dos ensaios pré-clínicos 36 investigam
restrição calórica, 04 jejum, 04 dieta cetogênica e 25 dieta rica em gordura; sendo que 48
apresentam desfechos relacionados a inciação do tumor; 45 sobre a progressão tumoral; 14
relatam desfechos da metástase e 29 de parâmetros relacionados com o metabolismo. Seus
achados evidenciam que as dietas restritivas apresentam capacidade de diminuir a incidência,
progressão e metástase tumoral; enquanto a dieta rica em gordura aumentou os mesmos
parâmetros. Enquanto nos ensaios clínicos 06 investigam dieta cetogênica e 03 dieta que
mimetiza jejum. Os achados dos ensaios clínicos evidenciam que a aplicação da dieta nessas
pacientes é segura e capaz de alterar parâmetros metabólicos; porém, os resultados quanto sua
influência da qualidade de vida e na progressão do tumor são controversos. Os achados da
revisão evidenciam diversos benefícios das dietas restritivas para o câncer de mama, mas para
aplicação em humanas torna-se indispensável a realização de mais ensaios clínicos para
investigar se efeitos positivos observado nos roedores seriam replicados em humanos. Além
disso, outras limitações devem ser levadas em consideração. Primeiramente, foram inclusos

na revisão diferentes protocolos de dietas; além disso, as intervenções foram conduzidas por
diferentes períodos e não foi adotado um único método de indução do tumor nos ensaios pré-
clínicos, esses fatores podem levar a alguma diferença nos resultados. Ademais não foi
possível realizar metanálise com os ensaios clínicos, uma vez que os desfechos dos artigos
não forneciam dados suficientes. E, apesar do extenso número de ensaios pré-clínicos
inclusos, as metanálises analisam um pequeno número de estudos, pois em sua maioria não
forneciam dados suficientes.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2950101 - FRANCISCO LEONARDO TORRES LEAL
Externo à Instituição - MARCELO MACEDO ROGERO - USP
Externo à Instituição - MARCUS VINICIUS NASCIMENTO FERREIRA - UFT
Externo ao Programa - 1638239 - PAULO MICHEL PINHEIRO FERREIRA
Notícia cadastrada em: 06/07/2022 09:04
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 04/12/2022 08:57