Notícias

Banca de DEFESA: WENNA LUCIA LIMA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WENNA LUCIA LIMA SANTOS
DATA: 23/03/2023
HORA: 11:00
LOCAL: Ambiente Remoto
TÍTULO: REPERCUSSÕES DO EXERCÍCIO FÍSICO MODERADO SOBRE A COMPOSIÇÃO CORPORAL, COMPORTAMENTO ALIMENTAR E BIOMARCADORES DE ESTRESSE OXIDATIVO EM RATAS COM SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS
PALAVRAS-CHAVES: Comportamento Alimentar; SOP; Exercício; Tecido Adiposo Marrom; Nutrição.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
SUBÁREA: Ciência de Alimentos
RESUMO:

Introdução:A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) éum
distúrbioendócrinomuitocomumemmulheresemidadereprodutivacaracterizadapor
complicações reprodutivas e metabólicas, incluindo alterações no tecido adiposo e aumento do
estresse oxidativo. Nesse sentido, algumas abordagens, como o exercício físico, devem ser
incorporadas para melhorar os efeitos da SOP, que não se restringe a abordar as repercussões
reprodutivas, mas também a prevenção do ganho de peso, estresse oxidativo, redução da massa
magra e obesidade abdominal.Objetivo:Neste estudo, investigamos o efeito do exercício físico
moderado na composição corporal, comportamento nutricional e estresse oxidativo em ratas com
SOP.Métodos:Fêmeas Wistar, (190-220g), divididas em controle (CO), SOP e SOP+Exercício. A
SOP foi induzida por letrozol (1mg/kg via p.o), por 21 dias consecutivos. O exercício foi treino de
natação (com 5% do peso corporal), 1h/dia/21 dias. Avaliamos o peso corporal, parâmetros
nutricionais e murinométricos, composição corporal, termografia e biomarcadores de estresse
oxidativo no tecido adiposo marrom (TAM) e tecido epididimal. O estudo foi aprovado pelo Comitê
de Ética no Uso de Animais (CEUA-UFPI nº 599/19).Resultados: a SOP promoveu aumento
(p<0,05) no ganho de peso corporal emrelação ao grupo controle (28,38 ± 4,66 vs. 15,36 ± 2,04 g)
e o exercício impediu (p<0,05) o ganho de peso em relação à SOP (11,85 ± 2,04 vs . 28,38 ± 4,66
g). As ratas com SOP diminuíram (p<0,05) a temperatura no TAM em relação ao controle (37,14 ±
0,08vs. 36,69 ± 0,10 0C). A SOP+Ex impediu (p<0,05) esta diminuição em comparação com as
ratas SOP (36,69 ± 0,10 vs. 37,08 ± 0,09 ºC). Observamos redução (p<0,05) no Índice de Lee (0,264
± 0,002 vs. 0,276 ± 0,003 g/cm) e no Índice de Massa Corporal (0,422 ± 0,008 vs. 0,470 ± 0,015
g/cm²) em ratas SOP+Ex em comparação com o grupo SOP. Em comparação com o grupo CO, SOP
aumentou (p<0,05) Taxa Específica de Ganho de Peso (66,39 ± 8,17 vs. 165,70 ± 28,44 g/kg),
Consumo Energético (57,32 ± 2,32 vs. 64,08 ± 3,42 Kcal/dia) e Eficiência Alimentar (23,94 ± 2,59
vs 56,13 ± 4,48%). Nesse sentido, grupo CO, SOP aumentou (p<0,05) Água Corporal Total (102,0
± 2,32 vs. 120,0 ± 3,07 mL), Líquido Extracelular (46,57 ± 0,84 vs 51,33 ± 1,13 mL), Líquido
Intracelular (54,99 ± 1,66 vs 69,61 ± 1,92 mL) e Massa magra (137,80 ± 3,10 vs 164,50 ± 4,20 mL).
Nos grupos SOP+Ex, todos os parâmetros foram reduzidos (p<0,05) em comparação com SOP. Em
tecido epididimal, SOP diminuiu (p<0,05) SOD (1,75 ± 0,05 vs. 2,41 ± 0,20 USOD/ μg tecido) e,
GSH (16,28 ± 4,32 vs. 51,17 ± 9,21 μg GSH/g tecido) em comparação ao grupo CO. Em relação ao
TAM, observamos um aumento significativo (p<0,05) nos níveis de MPO e MDA na SOP em
comparação com o grupo CO. Por outro lado, observamos uma diminuição (p<0,05) naSOP+Ex em
relação à SOP (0,66 ± 0,12 vs. 1,26 ± 0,15 U/mg). Redução de SOP+Ex (p<0,05) MDA em tecido
marrom (503,3 ± 64,97 vs. 1,751 ± 75,97 nmol/g) e em epididimal (316,7 ± 50,49 vs. 834,6 ± 64,80
nmol/g) em comparação com o grupo SOP. Houve diminuição (p<0,05) no peso do útero das ratas
com SOP em relação ao controle (0,060±0,002 vs. 0,165±0,008 g/100g). Além disso, observamos
uma diminuição (p<0,05) no TAM das ratas SOP+Ex em relação às ratas SOP (0,24 ± 0,032 vs. 0,07
± 0,007 g/100g).Conclusão:A SOP induz mudanças na composição corporal, no comportamento
nutricional e no biomarcador de estresse oxidativo, e o exercício físico moderado foi capaz de
melhorar essas alterações.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2950101 - FRANCISCO LEONARDO TORRES LEAL
Presidente - 2457259 - MOISES TOLENTINO BENTO DA SILVA
Notícia cadastrada em: 15/03/2023 10:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 18/06/2024 05:53