Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GLEYSON MOURA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GLEYSON MOURA DOS SANTOS
DATA: 28/04/2023
HORA: 18:00
LOCAL: PPGAN
TÍTULO: ASSOCIAÇÃO DA FUNÇÃO RENAL COM DADOS SOCIODEMOGRÁFICOS, ESTILO DE VIDA, METABÓLICOS, NUTRICIONAIS E POLIMORFISMOS GENÉTICOS NA PESSOA IDOSA
PALAVRAS-CHAVES: Inquéritos Populacionais. Doença Renal. Síndrome Cardiometabólica. Sistema Renina Angiotensina Aldosterona. Variantes Genéticas. Receptor da Vitamina D.
PÁGINAS: 96
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
SUBÁREA: Ciência de Alimentos
RESUMO:

A doença renal crônica (DRC) é caracterizada pela presença de lesões estruturais ou perda da
função dos rins, responsável por gerar complicações sérias à saúde, destacando-se atualmente
como um grave problema de saúde pública. Distúrbios nos processos metabólicos são fatores
patogênicos chave para a DRC e vice-versa. No entanto, a compreensão detalhada da
patogênese da DRC ainda permanece obscura e incompleta, principalmente na população idosa.
Desta forma, este estudo teve como objetivo associar a função renal com dados
sociodemográficos, estilo de vida, metabólicos, nutricionais e polimorfismos genéticos na
pessoa idosa. Estudo transversal realizado com idosos atendidos pela Estratégia Saúde da
Família da cidade Teresina/Piauí, cuja caracterização sociodemográfica e estilo de vida ocorreu
por entrevista. Para o diagnóstico de síndrome metabólica utilizou os critérios da National
Cholesterol Education Program Adult Treatment Panel III - NCEP/ATP III. Como critério para
DRC, foi adotada a classificação do Kidney Disease: Improving Global Outcomes. A 25-
hidroxivitamina D [25(OH)D] foi dosada por quimiluminescência e a vitamina D dietética foi
avaliada pelo questionário de frequência alimentar semiquantitativo. Os idosos foram
classificados como hipertensos, segundo o diagnóstico médico e uso de drogas antihipertensivas.
A genotipagem do INDEL da ECA ocorreu por reação em cadeia da polimerase
convencional e as outras variações genéticas, pela técnica do polimorfismo de comprimento de
fragmentos de restrição. Os resultados demonstraram que os idosos deste estudo eram
predominantemente do sexo feminino, com idade superior a 70 anos, com companheiro, baixa
escolaridade, renda de dois salários-mínimos, sedentários, não etilistas e não tabagistas. Os
idosos ainda apresentaram inadequação nutricional e um alto risco para doenças
cardiometabólicas segundo a circunferência da cintura. Quanto ao perfil lipídico, apresentaram

níveis elevados de colesterol, LDL-c e triglicerídeos. A hipovitaminose D foi prevalente, além
disso, os idosos não consumiam alimentos fontes de vitamina D na quantidade recomendada e
não tomavam banho de sol. Um terço da amostra apresentou função renal comprometida e a
prevalência de síndrome metabólica foi de 53,7% entre os idosos que apresentaram tal
comprometimento. A análise dos quatro polimorfismos revelou que todos estavam em
equilíbrio de Hardy-Weinberg, indicando que os sujeitos da pesquisa eram representativos no
campo de estudo. As análises estatísticas demonstraram que o comprometimento da função
renal não foi associado à síndrome metabólica, hipertensão e status de vitamina D. Entretanto,
se associou significativamente com sexo feminino, sedentarismo, não se expor ao sol, presença
de mais de três componentes da síndrome metabólica, destacando-se os triglicerídeos, colesterol
e LDL-c elevados, e HDL-c reduzido, além dos polimorfismos INDEL da ECA, CYP11B2-
C344T e FokI, nos idosos que apresentaram genótipo II, CC e ff respectivamente. Como
conclusão nossos dados apontam a necessidade da identificação precoce de fatores de risco
metabólicos e variantes genéticas que possam ter influência no comprometimento da função
renal, de modo que auxilie no planejamento de ações que possam retardar o desenvolvimento
da DRC na população idosa.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 849.404.253-04 - AMANDA DE CASTRO AMORIM - UFPI
Externo à Instituição - AMANDA MARREIRO BARBOSA - UNIFACID
Externo ao Programa - 2739473 - BÁRBARA VERÔNICA CARDOSO DE SOUZA
Presidente - 1167579 - CECILIA MARIA RESENDE GONCALVES DE CARVALHO
Externo ao Programa - 1957715 - IVONE FREIRES DE OLIVEIRA COSTA NUNES
Externo à Instituição - LUANA MOTA MARTINS - NASSAU
Externo ao Programa - 474.194.153-15 - SUZANA MARIA REBELO SAMPAIO DA PAZ - USP
Notícia cadastrada em: 28/04/2023 14:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 18/06/2024 06:54