Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARCOS SERRA LUZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCOS SERRA LUZ
DATA: 07/08/2023
HORA: 12:00
LOCAL: PPGAN
TÍTULO: Qualidade nutricional e de cozimento e retenção pós- cozimento de genótipos de feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp.) de grãos pretos
PALAVRAS-CHAVES: Vigna unguiculata; composição centesimal; minerais; tempo de cozimento
PÁGINAS: 94
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
SUBÁREA: Ciência de Alimentos
RESUMO:

LUZ, M. S. Qualidade nutricional e de cocção e retenção pós- cozimento de genótipos de feijão-caupi (Vigna unguiculata L.  Walp.) de grãos pretos. 2023. 94 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Alimentos e Nutrição, Universidade Federal do Piauí, Teresina/PI.

Introdução: O feijão-caupi, além de ser uma importante fonte de proteína, é rico em outros nutrientes como carboidratos e minerais. Nos últimos anos, diversos estudos têm sido conduzidos visando o desenvolvimento de cultivares mais produtivas e com melhor qualidade nutricional e de cozimento. Objetivo: O objetivo deste estudo foi  caracterizar a qualidade nutricional e de cozimento e a retenção pós- cozimento de genótipos de feijão-caupi de grãos pretos. Metodologia:  A metodologia consistiu na avaliação de 15 genótipos de feijão-caupi da classe comercial preto, sendo 12 linhagens elite e 3 cultivares comerciais (Pretinho, BRS Tapahium e BRS Guirá). As análises foram  realizadas em triplicata nos grãos s crus e após o cozimento. Analisou- se a composição centesimal (teores de proteínas, umidade, cinzas,  lipídeos e carboidratos), além do Valor Energético Total (VET). Os teores de microminerais ferro e zinco foram determinados por digestão nitro-perclórica e leitura em espectrofotômetro de absorção atômica de chama. A qualidade de cozimento foi determinada com base no percentual de grãos cozidos, utilizando-se panela de pressão elétrica, com o auxílio do cozedor de Mattson. A seleção simultânea para as principais características avaliadas foi realizada utilizando-se o Índice de Qualidade Nutricional e de Cozimento (IQNC. Os resultados foram expressos como média ± desvio-padrão, com as médias comparadas  estatisticamente pelo teste t de Student e agrupadas pelo teste de Scott- Knott (p<0,05). Resultados: Os genótipos apresentaram as seguintes  variações na composição centesimal: teores de proteínas: 23,35 a 29,80 g 100g-1 (grãos crus) e 24,72 a 33,70 g 100g-1  (grãos cozidos); umidade:  4,48 g 100g-1  a 5,97 g 100g-1  (grãos crus) e 5,31 g 100g-1  a 7,15 g 100g- 1  (grãos cozidos); cinzas: 3,72 g 100g-1  a 4,27 g 100g-1  (grãos crus) e  10  2,28 g 100g-1  a 3,04 g 100g-1 (grãos cozidos); lipídeos: 0,86 g 100g-1 a  2,25 g 100g-1 (grãos crus) e 1,53 g 100g-1  a 4,23 g 100g-1 (grãos cozidos); carboidratos: 59,07 g a 65,70 g 100g-1 (grãos crus) e 54,59 g a 63,35 g 100g-1 (grãos cozidos); VET: 122,73 Kcal 100g-1  a 149,55  Kcal 100g-1 (grãos crus) e 136,19 Kcal 100g-1  e 181,09 Kcal 100g-1 (grãos cozidos). Quanto aos teores de microminerais ferro e zinco, os genótipos apresentaram as seguintes médias: ferro: 5,87 mg 100g-1 a 4,11 mg 100g-1  (grãos crus) e 3,06 mg 100g-1  a 4,29 mg 100g-1 (grãos  cozidos); zinco: 4,85 mg 100g-1  a 6,62 mg 100g-1  (grãos crus) e 3,13  mg 100g-1  e 5,71 mg 100g-1 (grãos cozidos). Os genótipos MNC10-928- 3-7, Pretinho e MNC09-998B-20 apresentaram a melhor qualidade de cozimento, com 87, 86 e 85% de grãos cozidos, respectivamente. Esses genótipos também apresentaram maiores valores de IQNC e, portanto,  cozimento rápido, alta qualidade nutricional e maior retenção pós- cozimento. Conclusões: o cozimento, embora tenha reduzido os teores  de alguns nutrientes, não foi capaz de provocar perdas relevantes. Os genótipos MNC09-998B-20, Pretinho e MNC09-998B-3 apresentam melhor qualidade nutricional e de cozimento e maior retenção de nutrientes pós-cozimento. Esses genótipos podem ser utilizados como genitores em cruzamentos ou recomendados diretamente como cultivares comerciais, atendendo as necessidades do consumidor e constituindo-se em excelentes opções para o mercado de feijão-caupi de grãos pretos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 849.404.253-04 - AMANDA DE CASTRO AMORIM - UFPI
Externo à Instituição - JOSILENE LIMA SERRA - IFMA
Presidente - 300.580.403-82 - MAURISRAEL DE MOURA ROCHA - EMBRAPA
Externo ao Programa - 1081660 - NARA VANESSA DOS ANJOS BARROS
Interno - 1555913 - STELLA REGINA ARCANJO MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 07/08/2023 10:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 18/06/2024 06:59