Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GILBERTO SOUSA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GILBERTO SOUSA SILVA
DATA: 01/12/2023
HORA: 15:00
LOCAL: AMBIENTE VIRTUAL
TÍTULO: IMPACTOS DA IMPLEMENTAÇÃO DA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR NA ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA DE SÃO LUÍS GONZAGA DO MARANHÃO
PALAVRAS-CHAVES: Educação do Campo. BNCC. Escola Família Agrícola. Camponeses. Projeto Pedagógico
PÁGINAS: 128
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Este trabalho tem como foco analisar os impactos da implementação da Base Nacional Comum Curricular – BNCC nas escolas do campo e no projeto educativo da Escola Família Agrícola de São Luís Gonzaga do Maranhão. Sem dúvidas, discutir sobre a implementação do documento vem sendo ampliado e criticado por estudiosos, professores, organizações e demais profissionais da educação que lutam diariamente por uma pedagogia em contramão ao modelo tradicional e autoritário. Por sua vez, a educação do campo foi originada pelos movimentos sociais e busca em sua gênese manter a resistência e a emancipação social e humana dos povos campesinos. Frente a isso, partiu-se da hipótese de que no caso da Educação do campo, a literatura já produzida expõe que o documento da BNCC põe em risco o projeto de educação comprometido com a emancipação humana e a transformação social dos estudantes; supomos ainda que a nova conjuntura imposta pelo documento normativo traz impactos diretos as escolas do campo, por estar alicerçada pelos interesses privados no âmbito da educação, para isso construiu-se o trabalho educativo focado em habilidades e competências, determinando o que todos os estudantes do país devem estudar, isso rompe com o pluralismo e torna a educação reducionista e enraizada no preparo de mão de obra e na visão urbanocêntrica do mundo do capital. Tal fenômeno pode ainda, ludibriar camponeses quanto às possíveis oportunidades de atuação profissional nos centros urbanos, levando deste modo ao abandono da vida no campo. a hipótese também demonstra o forte impacto nas ciências humanas e sociais, pois ignora e dificulta o entendimento dos contextos culturais e regionais específicos que pela rigidez e imposição do documento, os professores perdem autonomia, isso, finda por promover uma educação redutora e limitada as orientações contidas no documento, que por sua vez se expõe alheio às realidades do campo. Em seu arcabouço teórico e metodológico o trabalho realizou investigações bibliográficas, principalmente nos estudos e reflexões realizadas por Molina, Martins, Mészáros, Arroyo, Marx, Veiga, Rocha e dentre outros. Este constitui-se num estudo qualitativo, somado a uma pesquisa empírica junto a Escola Família Agrícola de São Luís Gonzaga do Maranhão. A principal fonte para construção dos dados da pesquisa empírica serão as entrevistas, através de questionários semiestruturados, será direcionado a gestão da EFA, uma amostragem de cinco professores de diferentes áreas do conhecimento, cinco alunos ainda em processo de formação e devidamente matriculados e de cinco egressos da instituição.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1217067 - ERIOSVALDO LIMA BARBOSA
Externo ao Programa - 3285792 - JANE BEZERRA DE SOUSA
Interno - 1756788 - SAMUEL PIRES MELO
Notícia cadastrada em: 16/11/2023 09:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 23/02/2024 16:41