Notícias

Banca de DEFESA: AILA MARIA CIPRIANO LEAL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: AILA MARIA CIPRIANO LEAL
DATA: 21/02/2019
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de aulas do Programa de Pós-graduação em Odontologia
TÍTULO: DESENVOLVIMENTO DE DENTIFRÍCIO EXPERIMENTAL COM ALTA CONCENTRAÇÃO DE FLUORETO E SEU EFEITO NA DESMINERALIZAÇÃO DENTINÁRIA
PALAVRAS-CHAVES: dentina; dentifrício; fluoreto; nanohidroxiapatita.
PÁGINAS: 69
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
RESUMO:

 

RESUMO: Cárie dentária é a doença bucal mais prevalente no mundo e dentifrício fluoretado (DF) é eficaz no controle desta condição. O aumento da concentração de fluoreto (F) é associado à maior eficácia destes dentifrícios e outros compostos podem ter efeito inibidor na formação de lesões cariosas. Entre estes compostos há nanohidroxiapatita (nano-HA) e estudos sugerem que este biomaterial pode atuar na desmineralização de esmalte e de dentina. Estudo in vitro foi realizado para avaliar efeito de dentifrício experimental com alta concentração de fluoreto e nano-HA na desmineralizaçãoda dentina radicular. Nano-HA foi sintetizada e incorporada aos dentifrícios experimentais formulados. Sessenta espécimes de dentina radicular bovina com dureza inicial pré-determinada foram alocados aleatoriamente em seis grupos que utilizaram diferentes tratamentos: (1) dentifrício placebo; (2) dentifrício com nano-há e sem F; (3) dentifrício com 1100 µg F/g; (4) dentifrício com 1100 µg F/g + nano-HA; (5) dentifrício com 5000 µg F/g; (6) dentifrício com 5000 µg F/g+ nano-HA. Ciclagem de pH foi realizada durante 10 dias, na qual os tratamentos foram realizados duas vezes ao dia, após esse período a dureza longitudinal foi avaliada e a área de lesão (ΔS) foi calculada. Os dentifrícios formulados foram avaliados quanto à estabilidade primária, citotoxicidade e outros parâmetros.Análise estatística foi realizada utilizando ANOVA twoway e teste de Tukey com p fixado em 5%. Os dentifrícios formulados contendo nano-há apresentaram maior pH e menor espalhabilidade que os demais. Não houve diferença entre as formulações com relação à citotoxicidade. Na análise da desmineralização da dentina radicular houve diferença estatisticamente significativa entre o placebo e todos os outros grupos de tratamento e as formulações contendo 5000 µg F/g, independente da presença da nano-HA apresentaram menor desmineralização. Os achados deste estudo sugerem que dentifrício com 5000 µg F/g + nano-há promove maior redução da desmineralização, entretanto, não houve diferença significativa entre os dentifrícios com 5000 µg F/g, indepentente da presença de nano-HA.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1960448 - GLAUBER CAMPOS VALE
Externo à Instituição - MARIA CRISTINA CARVALHO DE ALMENDRA FREITAS - FACID
Interno - 913.010.843-87 - PATRICK VERAS QUELEMES - UFPI
Interno - 1167660 - REGINA FERRAZ MENDES VIANA
Notícia cadastrada em: 31/01/2019 10:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 27/09/2022 08:47