Notícias

Banca de DEFESA: NICIANE SOARES MACENA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NICIANE SOARES MACENA
DATA: 24/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforfa Google Meet
TÍTULO: BIODISPONIBILIDADE SALIVAR DE FLUORETO APÓS USO DE DENTIFRÍCIOSFLUORETADOS DE ALTA CONCENTRAÇÃO COM DIFERENTES COMPOSIÇÕES
PALAVRAS-CHAVES: DENTIFRÍCIOS, FLUORETOS, SALIVA
PÁGINAS: 55
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
RESUMO:

O uso de dentifrícios fluoretados é reconhecido como a estratégia mais efetiva para controle da cárie dentária. Este estudo clínico randomizado de curta duração, cruzado e duplo cego, teve como objetivo avaliar a cinética da biodisponibilidade salivar de fluoreto (F) após uso de dentifrícios de alta concentração (5000 ppm F) com diferentes composições químicas. Quinze participantes adultos foram aleatoriamente divididos em três grupos: dentifrícios OrthoGard® e ClinPro 5000®, ambos contendo com 5000 ppm F, e este último com a presença de tri-cálcio fosfato(TCP) e dentifrício de concentração convencional (Colgate Total12®, com 1450 ppm F). Os participantes foram orientados a realizar escovação com cada dentifrício correspondente à sua fase e coletar saliva antes da escovação (baseline), imediatamente após (tempo 0), e nos tempos de 5 minutos, 15 minutos, 30 minutos, 1 hora, 2 horas, 4 horas, 8 horas e 12 horas após a escovação. A quantidade de fluoreto solúvel total (FST) dos dentifrícios e a concentração de F nas amostras de saliva foi analisada utilizando um eletrodo específico acoplado a um analisador de íons. Os dados de comparação entre a quantidade de FST declarado e encontrado nos dentífrícios foram analisados utilizado o teste t pareado. Para os dados de F na saliva, foi utilizado o teste Kruskall-Wallis com o pós-teste de comparação mútipla de Dunn com o intervalo de confiança de 95%. Não foi encontrada diferença significativa entre o FST declarado e o encontrado nos dentifrícios OrthoGard®  e Colgate Total12® (p>0,05), diferente do dentifrício ClinPro 5000®, que apresentou aproximadamente 500 ppm menos de FST (p<0,05). Após a escovação, os três dentifrícios causaram elevação de F na saliva nos primeiros tempos com posterior declínio, porém, os dentifrícios de alta concentração apresentam maior disponibilidade de F em relação ao dentifrício convencional mostrado pela área sobre a curva (p<0,05). Além disso, até duas horas após a escovação, os níveis de F na saliva mantiveram-se maiores que o baseline para os dentifrícios contendo 5000 ppm F, enquanto para o dentifrício convencional esse tempo foi de uma hora (p<0,05).Dessa forma,a presença do composto TCP na composição do dentifrício ClinPro 5000® pode ter sido responsável pela diferença de FST declarado e o encontrado, porém, ambos dentifrícios fluoretados de alta concentração aumentaram de forma similar a biodisponibilidade de F na saliva após seu uso.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1960448 - GLAUBER CAMPOS VALE
Externo à Instituição - JULIANO PELIM PESSAN - UNESP
Interno - 1301059 - MARCOELI SILVA DE MOURA
Interno - 1167674 - RAIMUNDO ROSENDO PRADO JUNIOR
Notícia cadastrada em: 14/09/2021 11:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 27/09/2022 08:57