Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: NAJARA RAQUEL PAZ RODRIGUES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NAJARA RAQUEL PAZ RODRIGUES
DATA: 04/11/2021
HORA: 10:00
LOCAL: PLATAFORMA VIRTUAL ZOOM
TÍTULO: ÉPOCA DE INTRODUÇÃO DO AÇÚCAR NA DIETA DA CRIANÇA: ESTUDO DE BASE POPULACIONAL
PALAVRAS-CHAVES: Açúcares; dieta; criança; cárie dentária.
PÁGINAS: 37
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
RESUMO:

Introdução: A Organização Mundial da Saúde recomenda que a criança não deva ingerir açúcares nos primeiros 1000 dias de vida. O contato precoce com o açúcar tem repercussões em longo prazo, aumentando o risco de obesidade, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e cárie dentária. O açúcar introduzido precocemente está relacionado com prevalência de Cárie na Primeira Infância. Objetivo: Este estudo, de base populacional, tem por objetivo avaliar a época de introdução do açúcar na dieta das crianças. Métodos: Serão incluídas crianças nascidas e residentes em Teresina, Brasil, entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022, que serão acompanhadas ao longo do primeiro ano de vida. Serão consideradas não elegíveis crianças separadas da mãe ao nascimento, com necessidades especiais, fendas lábio palatinas, ou aquelas cujas mães apresentem condições que impeçam a amamentação. As mães serão convidadas a participar da pesquisa durante o primeiro mês de nascimento do bebê. Serão realizados sorteios para determinação das maternidades e das crianças que serão incluídas no estudo. Após cálculo amostral, as crianças serão selecionadas em maternidades públicas e privadas, durante os exames de triagem neonatal, momento em que serão aplicados questionários socioeconômicos e antropométricos. Mensalmente as participantes responderão perguntas sobre hábitos alimentares e de higiene bucal dos bebês, durante os 12 meses. Os dados serão inicialmente descritos por meio de frequências absolutas e relativas das variáveis. As variáveis época de introdução de açúcar (> 1 ano e ≤ 1 ano) serão dicotomizadas e será verificada a associação com as variáveis independentes (idade e escolaridade materna, IMC pré-gestacional, primipararidade, tabagismo, classe social, renda e estrutura familiar, sexo e peso ao nascer e comprimento do bebê, número de horas entre o nascimento e o início da amamentação, duração da amamentação exclusiva e uso de mamadeira) por meio da regressão de Poisson com variância robusta. As variáveis com valor de p≤0,20 na análise bivariada serão incluídas na análise multivariada. Os resultados serão expressos por Razão de Prevalência (RP), com intervalo de confiança de 95% (IC95%), permanecendo no modelo final as variáveis com valor de p<0,05.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2296566 - CACILDA CASTELO BRANCO LIMA
Externo à Instituição - FABIAN CALIXTO FRAIZ - UFPR
Externo ao Programa - 3367697 - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS
Presidente - 1301059 - MARCOELI SILVA DE MOURA
Notícia cadastrada em: 15/10/2021 14:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 24/09/2022 14:35