Notícias

Banca de DEFESA: MARCUS VICTOR VAZ SOARES CASTRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCUS VICTOR VAZ SOARES CASTRO
DATA: 01/04/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Plataforma Zoom
TÍTULO: TÉCNICA LSTR COM PASTA CTZ E PULPECTOMIA COM PASTA DE ÓXIDO DE ZINCO E EUGENOL: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO COM 36 MESES DE ACOMPANHAMENTO
PALAVRAS-CHAVES: Necrose da polpa dentária. Técnica LSTR. Pulpectomia. Molar decíduo. Ensaio clínico randomizado.
PÁGINAS: 94
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
RESUMO:

 

Objetivo: Comparar a eficácia das técnicas LSTR com pasta CTZ (cloranfenicol, tetraciclina, óxido de zinco e eugenol) e pulpectomia com pasta ZOE (óxido de zinco e eugenol) no tratamento de molares decíduos com necrose pulpar, em 36 meses de avaliação. Método: Ensaio Clínico Randomizado (RCT) na segunda fase de avaliação. Foram incluídos 88 molares decíduos com necrose pulpar de 70 crianças na faixa etária de 3-8 anos. Os dentes foram randomizados para os dois grupos. No Grupo CTZ (técnica LSTR): sem instrumentação dos canais radiculares e uso da pasta CTZ e no Grupo ZOE (pulpectomia), foi realizado preparo químico-mecânico dos canais radiculares, irrigação com solução de clorexidina a 2.0% e obturação dos canais radiculares com pasta ZOE. Após realizadas as terapias, os dentes foram restaurados com cimento de ionômero de vidro de alta viscosidade e cimentadas coroas de aço inoxidável. Na primeira fase do estudo as avaliações clínicas e radiográficas foram trimestrais e na fase atual foram realizadas nos tempos de 18, 24, 30 e 36 meses. O avaliador clínico era cego e o radiográfico não cego. Foi considerado sucesso clínico quando era observada ausência de fístula/abscesso e radiográfico quando havia regressão da imagem radiolúcida ou ausência de nova lesão na região de furca. O sucesso global foi considerado quando o dente apresentava simultaneamente sucessos clínico e radiográfico. Foi realizada análise descritiva dos dados, análise de sobrevida Kaplan-Meier, teste Log Rank (Mantel-Cox) e regressão de Cox com as variáveis independentes do baseline. Foi considerado nível de significância de 5% (p<0,05). Resultados: O sucesso clínico da pasta CTZ foi de 86.4% e 90.9% para ZOE (p=0.45). O sucesso radiográfico foi de 43.2% para ambos os grupos (p=1.00). O sucesso global foi de 40.9% para CTZ e 43.2% para ZOE (p=1.00). Os tempos médios de sobrevida na avaliação clínica para o grupo CTZ foi de 33.5 meses e para ZOE 34.3 meses (p=0.50). Na avaliação radiográfica o sucesso para CTZ foi de 27.9 meses e 26.7 meses para ZOE (p=0.83) e na avaliação global para CTZ foi 27.7 e 26.7 meses para ZOE (p=0.88). Presença de lesão radiográfica em região de furca no baseline, representou fator de risco para insucesso (HR= 3.34;95% CI= 1.02 – 10.91; p=0.045). Conclusão: A eficácia das técnicas LSTR com pasta CTZ e pulpectomia com pasta ZOE foram semelhantes, no tratamento de molares decíduos com necrose pulpar.

ABSTRACT

Objective: To evaluate the effectiveness of the LSTR technique with CTZ paste (chloramphenicol, tetracycline, and zinc oxide and eugenol) and pulpectomy with ZOE paste (zinc oxide and eugenol) in the treatment of primary molars with pulp necrosis, at 36 months follow-up. Methods: A randomized clinical trial (RCT) at second fase of evaluation. Were included 88 primary molars with pulp necrosis from 70 children three to eight years old. The teeth were randomized for both groups. CTZ group (LSTR technique): with no instrumentation of the root canals and use of the CTZ paste at the pulp chamber floor. At the ZOE group (pulpectomy) the root canals were cleaned and shaped, irrigation was made with 2% chlorhexidine solution, and obturation with ZOE paste. The teeth were restored with high-viscosity glass ionomer cement and stainless steel crowns. Clinical and radiographic evaluations were made quarterly at the first fase and at the second fase they occurred at 18, 24, 30, and 36 months. The clinical evaluator was blind whereas the radiographic evaluator was not. Clinical success was considered in the absence of sinus tract/ sweeling. Radiographic success included decrease of the radiolucent image and no new radiolucency at the furcation area. Overall success was defined as only those teeth that showed both clinical and radiographic success simultaneously. Descriptive analysis of the data, Kaplan-Meier survival analysis, Log Rank (Mantel-Cox) test, and Cox regression with the independent variables of the baseline were performed. The level of significance was five percent (p<0.05). Results: The clinical success was 86.4% to CTZ, and 90.9% to ZOE (p=0.45). The radiographical success was 43.2% for both groups (p=1.00). The overall success was 40.9% to CTZ, and 43.2% to ZOE (p=1.00). The mean survival time at the clinical evaluation to the CTZ group was 33.5 months and to ZOE was 34.3 months (p=0.50). At the radiographic evaluation was 27.9 months to CTZ, and 26.7 months to ZOE (p=0.83). At the overall evaluation was 27.7 to CTZ, and 26.7 months to ZOE (p=0.88). Radiolucent lesion at the furcation area in the baseline was a risk factor to failure (HR= 3.34;95% CI= 1.02 – 10.91; p=0.045). Conclusion: The effectiveness of the LSTR technique with CTZ paste, and pulpectomy with ZOE paste were similar in the treatment of primary molars with pulp necrosis.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA PAULA PIRES DOS SANTOS - UERJ
Interno - 2296566 - CACILDA CASTELO BRANCO LIMA
Presidente - 423338 - LUCIA DE FATIMA ALMEIDA DE DEUS MOURA
Externo à Instituição - SAUL MARTINS DE PAIVA - UFMG
Notícia cadastrada em: 16/03/2022 11:05
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 24/09/2022 22:45