Notícias

Banca de DEFESA: ELLEN MARIA MATOS DE ANDRADE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELLEN MARIA MATOS DE ANDRADE
DATA: 27/03/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Curso de Odontologia - bloco 10
TÍTULO:

Ação antimicrobiana de pastas obturadoras de canais radiculares de dentes decíduos 


PALAVRAS-CHAVES:

dentes decíduos, pulpectomia, odontopediatria, materiais restauradores de canal radicular


PÁGINAS: 96
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Odontopediatria
RESUMO:

Objetivo: Avaliar a ação antimicrobiana in vitro das pastas CTZ e de hidróxido de cálcio contra microbiota presente em polpas necrosadas de dentes decíduos e contra micro-organismos de referência.

Metodologia: Foram selecionados 15 dentes decíduos com polpas necrosadas para o teste de contato direto. Pontas de papel absorvente foram introduzidas no interior dos canais radiculares, e, em laboratório, imersas nas pastas de hidróxido de cálcio e CTZ nos tempos de 1 h, 24 h, 48 h e 72 h, em seguida transferidas para caldo Letheen Broth (LB), e desse para caldo Brain Heart Infusion (BHI). Os crescimentos microbianos foram avaliados através da turbidez, coloração de Gram e viabilidade microbiana após 48 horas. Para o teste de difusão em ágar, foram confeccionadas cavidades em placas de Petri contendo ágar BHI, e preenchidas com as pastas previamente manipuladas 4h, 2h, 1h antes e no momento de inserção. Uma sobrecamada de BHI semissólido fundido inoculado com os micro-organismos de referência foi inserida nas placas. As zonas de inibição foram mensuradas com paquímetro. Para o teste de contato direto utilizou-se a análise de MANOVA, e para o teste de difusão em ágar, o teste ANOVA. Foi considerada significância de 95%.

Resultados: A pasta CTZ apresentou médias de ação antimicrobiana semelhantes à de hidróxido de cálcio no teste de contato direto, com valores de turbidez 0,157 e 0,025, respectivamente (P=0,583), e maiores zonas de inibição no teste de difusão em ágar, com médias de 27,305 mm da pasta CTZ e 2,560 mm da pasta de hidróxido de cálcio (P<0,05). Não houve diferença estatisticamente significante quanto aos tempos analisados.

Conclusão: A pasta CTZ apresentou ação antimicrobiana contra micro-organismos presentes em canais radiculares de dentes decíduos e contra micro-organismos de referência. A pasta de hidróxido de cálcio apresentou ação contra a microbiota dos canais infectados e contra C. albicans.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2572995 - AIRTON MENDES CONDE JUNIOR
Externo à Instituição - LILINE MARIA SOARES MARTINS - UESPI
Presidente - 423338 - LUCIA DE FATIMA ALMEIDA DE DEUS MOURA
Externo à Instituição - LUCIELMA SALMITO SOARES PINTO - UESPI
Notícia cadastrada em: 11/03/2014 15:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 27/09/2022 09:23