Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUARA DIAS SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUARA DIAS SILVA
DATA: 14/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: Trajetórias de mulheres sapatonas negras que performam feminilidades outras e os espaços que ocupam
PALAVRAS-CHAVES: Sapatonas negras caminhoneiras. Heteronormatividade. Trajetórias sociais. Racismo.
PÁGINAS: 20
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Serviço Social
RESUMO:

Socialmente se constroem dois padrões binários de reprodução de performance de gênero, feminino e masculino baseados nos sexos biológicos macho e fêmea, as lésbicas que não performam a feminilidade comum, sapatonas caminhoneiras, fogem do padrão de binarismo para a performance feminina imposta, o que não significa dizer que não performam uma “feminilidade alternativa” (se pensarmos no feminino como uma categoria de representação da mulher) provocando abjeção de seus corpos nos espaços sociais, especialmente espaços de trabalho formal. Agrava-se quando pensamos em mulheres sapatonas caminhoneiras negras, tendo em vista que, segundo Sueli Carneiro (2011), as mulheres negras tiveram uma experiência histórica diferenciada, não sendo contempladas pelo discurso tradicional dos movimentos feministas, pautado hegemonicamente por demandas de mulheres brancas. O trabalho possui como objetivo analisar alguns obstáculos na relação entre lesbianidades e o acesso ao mercado de trabalho formal das lésbicas negras caminhoneiras, descrevendo suas principais ocupações a partir de suas performances e trajetórias sociais. O fato das lésbicas negras caminhoneiras não estarem dentro da lógica heteronormativa binária ocasiona uma diversidade de consequências nas suas trajetórias de vida, barradas pelo racismo e pela adoção de uma performance de feminilidade outra, possuem maior dificuldade em se inserir no mercado de trabalho formal. Sobre isso Sueli Carneiro (2011), destaca que as mulheres negras, em geral, na luta pela garantia do direito trabalhista fazem parte de um contingente de mulheres que se deparam com anúncios que destacam sobre “boa aparência”.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 021.722.997-23 - ELAINE FERREIRA DO NASCIMENTO - UFPI
Interno - 2174277 - MASILENE ROCHA VIANA
Notícia cadastrada em: 02/09/2021 14:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 21/04/2024 20:47