Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: LUANA SAVANA NASCIMENTO DE SOUSA ARRUDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUANA SAVANA NASCIMENTO DE SOUSA ARRUDA
DATA: 20/09/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Remotamente
TÍTULO: CONSTRUÇÃO E EVIDÊNCIAS DE VALIDADE DE UM INSTRUMENTO DE MOTIVAÇÃO AO TRATAMENTO DO DIABETES MELLITUS TIPO 2
PALAVRAS-CHAVES: Motivação. Diabetes mellitus tipo 2. Seguimento terapêutico. Psicometria. Instrumento de mensuração
PÁGINAS: 79
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: O Diabetes mellitus tipo 2 (DM2) possui etiologia complexa e multifatorial, envolvendo componentes genético e ambiental. Nesse contexto, requer um controle glicêmico a fim de reduzir complicações, sejam agudas ou crônicas, na qual, o tratamento está diretamente ligado a mudanças no estilo de vida e ao uso de medicamentos. A adesão ao tratamento exige que a pessoa adote responsabilidades tornando-se ativo e seguindo medidas orientadas pelos profissionais, porém, é um desafio aos indivíduos, pois compreende um fenômeno complexo e multidimensional. A motivação é uma das estratégias para aumentar a adesão ao tratamento em pacientes diabéticos, em conjunto com a aceitação da doença, prontidão para a mudança de hábitos de vida e apoio familiar. De acordo com a Teoria da Autodeterminação (TAD), a motivação caracteriza-se por fatores intrínsecos, extrínsecos ou sua ausência, que autodeterminam o desenvolvimento e bem-estar da pessoa. Dessa forma, conhecer e mensurar os motivos que influenciam no seguimento terapêutico, é indispensável na gestão do cuidado e obtenção do sucesso clínico desejável. Objetivo: Construir um instrumento para mensurar a motivação ao tratamento do Diabetes mellitus tipo 2. Métodos: Trata-se de um estudo metodológico, na qual, a construção e evidências de validade do instrumento para mensuração da motivação ao tratamento do DM2 será baseado no modelo Psicométrico de Bandalos. O estudo será desenvolvido com usuários com DM2, acompanhados nas Unidades Básicas Saúde (UBS) de Teresina, Piauí, Brasil. Para análise de dados utilizar-se-á a Teoria Clássica dos Testes (TCT). A pesquisa será encaminhada ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e terá como base a Resolução no 466/2012 e a Resolução no 510/2016.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1735254 - ANA LARISSA GOMES MACHADO
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Externo à Instituição - EMILIANA BEZERRA GOMES - URCA
Presidente - 1888794 - JOSE WICTO PEREIRA BORGES
Externo ao Programa - 1549654 - MALVINA THAIS PACHECO RODRIGUES
Interno - 2335983 - MARCIA TELES DE OLIVEIRA GOUVEIA
Externo à Instituição - Thereza Maria Magalhães Moreira - UECE
Notícia cadastrada em: 09/09/2022 08:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 18/05/2024 20:53