Últimas Notícias
Banca de DEFESA: JOSÉ FORTUNA DA SILVA
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ FORTUNA DA SILVA
DATA: 15/03/2024
HORA: 13:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: DISABILITY ADJUSTED LIFE YEARS POR ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL EM PAÍSES DA ÁFRICA CENTRO-SUL SUBSAARIANA: TENDÊNCIA GLOBAL BURDEN DESEASE 2010 – 2019
PALAVRAS-CHAVES: Disability Adjusted Life Years; Anos Vividos com Deficiência; Acidente Cerebral Vascular; Tendência Global Burden Desease; Epidemiologia
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma das principais causas de morbidade e mortalidade em África. Apesar das altas taxas de mortalidade por AVC na África, pouco se sabe sobre o impacto da doença nos anos de vida ajustados por incapacidades. DALY (anos de vida ajustados por incapacidade) é uma métrica muito importante e consistente nos estudos de saúde pública, expressa os anos de vida perdidos por morte prematura e avalia os anos de vida vividos com incapacidade. Objetivo geral: analisar a tendência temporal de anos de vida ajustados por incapacidades por Acidente Vascular Cerebral nos países da África Centro-Sul Subsaariana. Método: Estudo ecológico analítico de series temporais realizado com base o Global Burden Disease 2019. Os países analisados foram: Angola, Congo, República Democrática do Congo, Gabão, República Centro Africana e Guiné Equatorial. Os DALY foram analisados a partir das variáveis país, sexo e fatores de risco metabólicos (pressão arterial sistólica alta, IMC alto, Glicemia alta, disfunção renal e LDL alto). Os dados foram importados para planilha excel, posteriormente foram analisados descritivamente por meio do número absoluto e percentual de DALY. Para demarcar a tendência, foi realizada Regressão de Prais- Winster no programa estatístico Stata. Resultados: a prevalência de morte por AVC, por sexo, na África Centro-Sul Subsaariana entre 2010 e 2019 apresenta uma tendência crescente ao longo dos anos. O DALYs por AVC nos países estudados para mulheres e homens é maior na República Democrática do Congo (63.7%) e menor na Guiné Equatorial (0,5%) em 2010 e (0,6%) em 2019. Quanto ao DALY causado por AVC atribuídos a fatores de risco metabólicos, na região da África Centro Sul Subsaariana, observou-se uma leve redução nos anos de 2010 e 2019. Conclusão: O estudo possibilitou analisar os anos de vida ajustados por incapacidades por Acidente Vascular Cerebral em seis países que compõem a região Centro Sul da África Subsaariana. A tendência de anos de vida ajustados por incapacidades por AVC na região da África Centro Sul Subsaariana foi decrescente nas mulheres e estacionária nos homens nos últimos nove anos. Os sistemas de saúde dos países estudados precisam de maiores investimentos devido o impacto negativo que o DALY por AVC causa nas comunidades da região estudada. Por isso, é essencial que os gestores de serviços da saúde dos países daquela região, adotem políticas públicas com base nos estudos epidemiológicos que visem a melhoria da qualidade de saúde das populações. Neste contexto, estudos futuros são essenciais para se determinar os principais fatores associados a anos de vida ajustados por incapacidades na região da África Centro sul Subsaariana nos últimos anos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1552848 - ANA ROBERTA VILAROUCA DA SILVA
Presidente - 1888794 - JOSE WICTO PEREIRA BORGES
Externo à Instituição - LUCAS ANTÓNIO NHAMBA - MSA
Interno - 2364966 - ROSILANE DE LIMA BRITO MAGALHAES

Cadastrada em: 16/02/2024
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 06/03/2024 - 08/03/2024 · Matrícula para o período 2024.1.
  • 18/03/2024 · Início do período letivo 2024.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 20/02/2024 18:32