Notícias

Banca de DEFESA: ALESSANDRA KELLY FREIRE BEZERRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESSANDRA KELLY FREIRE BEZERRA
DATA: 20/03/2015
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do PPGEnf
TÍTULO:

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO À CRIANÇA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA


PALAVRAS-CHAVES:

Atenção Primária à Saúde. Enfermagem. Saúde da criança


PÁGINAS: 113
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

A Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) configura-se como uma metodologia de trabalho que viabiliza a organização, planejamento e execução do cuidado prestado ao paciente, a partir de uma assistência holística e individualizada. Apesar de sua importância, sabe-se que não está instituída em muitos serviços de saúde, principalmente na estratégia Saúde da Família (eSF), gerando lacunas nas ações propostas na consulta de puericultura, principalmente no que concerne ao acompanhamento sistematizado às crianças. Diante disso, a assistência de enfermagem à criança fica comprometida, gerando fragilidade e fragmentação do cuidado. Dessa forma, o estudo teve como objetivo construir um modelo teórico para compreender o processo da sistematização da assistência de enfermagem na atenção à criança na estratégia Saúde da Família, em Teresina-PI. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa do tipo interpretativa orientado pelo referencial metodológico da Teoria Fundamentada nos Dados. O estudo foi desenvolvido com 16 enfermeiros de diferentes cenários, da Atenção Básica para a compreensão do objeto de investigação. Foram contemplados enfermeiros assistenciais da eSF, gestores municipais da Atenção Básica e o órgão fiscalizador da categoria profissional – Conselho Regional de Enfermagem. O processo de análise dos dados ocorreu em três etapas interdependentes nomeadas: codificação aberta, codificação axial e codificação seletiva. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí CAEE: 22792213.3.0000.5214. Dois fenômenos emergiram com o estudo: ―Compreendendo a importância da SAE para o cuidado à criança e para a ascensão da equipe de enfermagem‖ e ―Apontando lacunas na SAE na atenção à criança na eSF e os caminhos para a superação das dificuldades‖. Os dois fenômenos e seus respectivos componentes foram reunidos e analisados teoricamente, segundo o modelo de paradigma de Strauss e Corbin. As categorias foram integradas em relação às condições causais, ao contexto, às condições intervenientes, às estratégias de ação e às consequências. Com a refinação e integração das categorias, resultou na categoria central ―Buscando caminhos e suprindo lacunas que comprometem a SAE na atenção à criança na eSF, a partir da compreensão de sua importância para o cuidado efetivo e ascensão da enfermagem‖. A categoria evidencia que os enfermeiros apresentam limitações e dificuldades para a operacionalização da SAE no cuidado à criança na Atenção Básica, no entanto, manifestam o interesse pela superação de todas as lacunas para a operacionalização do processo de enfermagem.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 286.892.753-04 - FERNANDA VALERIA SILVA DANTAS AVELINO - UFPI
Interno - 1655148 - GRAZIELLE ROBERTA FREITAS DA SILVA
Externo à Instituição - PATRÍCIA NEYVA DA COSTA PINHEIRO - UFC
Presidente - 1167659 - SILVANA SANTIAGO DA ROCHA
Notícia cadastrada em: 10/03/2015 15:15
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 05:09