Notícias

Banca de DEFESA: ERIDA DE OLIVEIRA SOARES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERIDA DE OLIVEIRA SOARES
DATA: 31/08/2015
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório do Departamento de Enfermagem
TÍTULO:

CUIDADOS PALIATIVOS AO IDOSO NA ATENÇÃO BÁSICA: uma contribuição para enfermagem


PALAVRAS-CHAVES:

Cuidados Paliativos; Enfermagem; Idoso; Estratégia Saude da Familia


PÁGINAS: 154
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

O envelhecimento populacional é uma realidade em ascensão no Brasil e no mundo. Fenômeno decorrente das transformações epidemiológicas, sanitárias, socioeconômicas e tecnológicas. Concomitantemente a esse processo ocorrem mudanças no perfil de morbimortalidade da população, com a predominância de doenças crônicas, o que exige do setor saúde e dos profissionais, novos modos de cuidar com abordagem holística, multidimensional e multidisciplinar que visem proporcionar uma melhor qualidade de vida aos idosos que enfrentam doenças incuráveis com prognóstico limitado.  Entre as estratégias assistenciais destacam-se os Cuidados Paliativos, que podem ser prestados, tanto no ambiente hospitalar, como na atenção básica, atendendo além das pessoas idosas enfermas, as suas famílias. Diante da evidente lacuna na produção científica focalizando esta problemática, especialmente na realidade local, delimitou-se como objeto de estudo: o conhecimento e a prática de cuidados paliativos ao idoso realizado pelo enfermeiro na Estratégia Saúde da Família. Objetivou-se descrever o conhecimento dos enfermeiros sobre os cuidados paliativos ao idoso; caracterizar as práticas de cuidados paliativos realizadas pelos enfermeiros ao idoso, discutir as possibilidades e dificuldades dos enfermeiros para a realização de cuidados paliativos ao idoso, analisar o conhecimento e as práticas dos enfermeiros em cuidados paliativos ao idoso com vistas à proposição de um plano de intervenção para esta modalidade assistencial baseada nos pressupostos da teoria Holística. A investigação utilizou uma abordagem qualitativa por meio da estratégia metodológica da pesquisa-ação, tendo como cenário a área de abrangência da Coordenadoria Regional de Saúde Centro-Norte da cidade de Teresina, Piauí. Participaram do estudo 21 enfermeiros desta regional de saúde. A produção dos dados se deu por meio de reuniões e seminários temáticos, nos quais foram desenvolvidas dinâmicas de Criatividade e Sensibilidade, que permitiram a livre expressão dos participantes acerca das questões da pesquisa. Posteriormente, os dados foram agrupados em três categorias temáticas: Concepções dos enfermeiros sobre cuidados paliativos ao idoso; A atuação dos enfermeiros em cuidados paliativos na Estratégia Saúde da Família e Das possibilidades às limitações para a prática de cuidados paliativos ao idoso na atenção básica. A análise e interpretação dos achados revelaram que o conhecimento dos enfermeiros participantes do estudo é empírico e incipiente, demonstrando fragilidades desde os conceitos até a seleção da clientela prioritária para os cuidados paliativos na atenção básica. Outra evidência relevante trata-se da necessidade de implantação de um programa de educação permanente para os enfermeiros em cuidados paliativos ao idoso, para que assim estes profissionais possam prestar uma assistência holística e multidimensional capaz de prevenir e aliviar a dor e o sofrimento do indivíduo e da família. Desta forma, acredita-se nas contribuições deste estudo tanto no âmbito assistencial, como no ensino. Bem como, poderá servir de base para futuras pesquisas congêneres.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Externo à Instituição - CELIA PEREIRA CALDAS - UFRJ
Interno - 2335983 - MARCIA TELES DE OLIVEIRA GOUVEIA
Presidente - 423632 - MARIA DO LIVRAMENTO FORTES FIGUEIREDO
Notícia cadastrada em: 12/08/2015 12:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 04:51