Notícias

Banca de DEFESA: ERIKA WANESSA OLIVEIRA FURTADO ANDRADE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERIKA WANESSA OLIVEIRA FURTADO ANDRADE
DATA: 01/09/2015
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do PPGEnf
TÍTULO:

AS ESTRATÉGIAS DE ENSINO - APRENDIZAGEM DA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM


PALAVRAS-CHAVES:

Estratégias de Ensino; Enfermagem; Docente


PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

As Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Enfermagem

contemplam o redirecionamento da educação em enfermagem com mudanças

que estimulam o comprometimento dos discentes com o seu aprendizado e a

construção de saberes que permita uma aproximação crítica com a realidade,

em que o professor será um facilitador do processo de ensino-aprendizagem.

Para enfrentar tal desafio, as Instituições de Ensino Superior precisam

incorporar nos seus Projetos Pedagógicos as orientações das Diretrizes

Curriculares e adequar a matriz curricular dos cursos de enfermagem, diminuir

o abismo entre a teoria e a prática, permitir a construção das competências e

habilidades necessárias à prática de enfermagem, que devem ser estimuladas

na formação do profissional com a utilização de estratégias de ensino

inovadoras. Definiu-se como objetivos desse estudo: Descrever as estratégias

de ensino-aprendizagem utilizadas no curso de graduação em enfermagem da

Universidade Federal do Piauí; Discutir as estratégias de ensino-aprendizagem

utilizadas no curso de graduação em enfermagem quanto à sua adequação às

diretrizes curriculares e Analisar as potencialidades e dificuldades na utilização

das estratégias de ensino. Trata-se de uma pesquisa descritivo-exploratória,

com abordagem qualitativa. O cenário foi curso de enfermagem da

Universidade Federal do Piauí e os participantes da pesquisa foram 12

docentes do curso. Para produção de dados foi utilizado à técnica de entrevista

com a aplicação de um roteiro semi-estruturado. Para análise dos dados foi

utilizado a análise temática de acordo com Minayo, o que possibilitou a

formação de três categorias: Estratégias utilizadas no Processo Ensino –

Aprendizagem. O professor e as dificuldades enfrentadas na utilização das

estratégias preconizadas pelas diretrizes e Iniciativas para a mudança:

potencialidades. Os resultados, de acordo com as categorias elencadas acima

apontaram a utilização de estratégias tradicionais pelos docentes, com

destaque para exposição oral e seminário, no entanto os docentes também

mencionaram uma aproximação com as estratégias ativas de ensino com

destaque para a estratégia da problematização. Pontuaram as dificuldades

enfrentadas para atender as diretrizes, como a sua formação realizada de

maneira tradicional, a organização da matriz curricular do curso de forma

disciplinar e a resistência a mudanças por parte dos alunos. Percebeu-se nos

depoimentos a compreensão dos professores sobre a necessidade de

mudança nas estratégias de ensino, assim como o desejo de superar as

metodologias tradicionais com iniciativas como cursos de capacitação, estudos

sobre a temática, a construção e o conhecimento do projeto pedagógico e das

diretrizes e a mobilização para o desenvolvimento de estratégias de ensino

aprendizagem ativas. Conclui-se que predominam a utilização de estratégias

de ensino tradicionais no Curso de Enfermagem da UFPI, mas é presente o

desejo de mudança dos docentes e o reconhecimento da importância das

estratégias ativas para o aperfeiçoamento do processo ensino-aprendizagem.

É evidente ainda nos discursos o conhecimento dos docentes acerca das

diretrizes curriculares, a aproximação com estratégias ativas e a mobilização

dos docentes para sua efetivação.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Presidente - 6422772 - BENEVINA MARIA VILAR TEIXEIRA NUNES
Externo à Instituição - CAMILA APARECIDA PINHEIRO LANDIM - UNINOVAFAPI
Interno - 1167659 - SILVANA SANTIAGO DA ROCHA
Notícia cadastrada em: 13/08/2015 08:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 05:46