Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: KHELYANE MESQUITA DE CARVALHO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KHELYANE MESQUITA DE CARVALHO
DATA: 02/10/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: EFEITO DO USO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL NA QUALIDADE DE SONO DE IDOSOS
PALAVRAS-CHAVES: Idoso; Sono; Cuidados de Enfermagem; Tecnologias Educacionais; Experimento.
PÁGINAS: 86
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: A prevalência de queixas dos idosos por insatisfação com a qualidade de sono é elevada e neste contexto do envelhecimento, a má qualidade de sono promove mudanças importantes em sua arquitetura, o que proporciona diminuição do funcionamento físico, problemas de memória, aumento do risco de queda e  nfluências nas capacidades cognitivas. Objetivo: Avaliar o efeito do uso de tecnologia educacional na qualidade de sono de idosos. Metodologia: Trata-se estudo experimental que visa aplicar uma intervenção e observar seus efeitos sobre um ou mais desfechos. O estudo será realizado no município de Bom Jesus. A população diz  espeito aos idosos 130 com qualidade de sono insatisfatória, de ambos os sexos, assistidos pela ESF do município. O experimento propriamente dito será antecedido pelas etapas de construção e validação da tecnologia educacional impressa, do tipo cartilha, que será construída com base no referencial teórico do modelo de crença em saúde acerca da higiene do sono. Para a realização do experimento, após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão os idosos serão randomizados em grupos distintos, intervenção e controle com uso de um software R. O grupo intervenção receberá orientações sobre higiene do sono com apoio da tecnologia educacional, a cartilha. Já no grupo controle os idosos receberão as mesmas orientações sobre higiene do sono sem uso da tecnologia educacional. Em ambos os grupos as orientações serão realizadas durante visita domiciliar. As variáveis quantitativas serão apresentadas por meio de estatística descritiva (média, desvio padrão, mediana, mínimos e máximos) e as qualitativas por meio de proporção e intervalo de confiança (IC95%). Para a análise bivariada será utilizado às medidas associativas de significância, por meio dos testes Qui-quadrado (x2), Exato de Fisher ou test t de Student. Na estatística inferencial serão realizadas análises bivariadas e multivariadas, com o objetivo de avaliar se houve melhoria na qualidade de sono de idosos após intervenção educativa. Para todas as análises, será fixado a priori o nível de significância de 0,05 para rejeição da hipótese nula. Serão construídos modelos de regressão logística pelo método stepwise forward, no qual a variável com maior associação estatística será introduzida inicialmente, seguida pelas demais variáveis, de acordo com a ordem decrescente da associação estatística encontrada na análise bivariada. O critério de inclusão de variáveis nos modelos múltiplos será o valor de p obtido na análise bivariada p ≤ 0,20. Em seguida, as variáveis selecionadas serão testadas uma a uma no modelo múltiplo, permanecendo no modelo àquelas que apresentaram p<0,05. O projeto prevê a realização de uma tecnologia educacional para idosos que contribua substancialmente para a melhoria da qualidade do sono e possa ser utilizada por Enfermeiros nos mais diversos serviços de saúde.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Interno - 6422772 - BENEVINA MARIA VILAR TEIXEIRA NUNES
Interno - 1792859 - ELAINE MARIA LEITE RANGEL ANDRADE
Externo à Instituição - JANAINA FONSECA VICTOR COUTINHO - UFC
Presidente - 423632 - MARIA DO LIVRAMENTO FORTES FIGUEIREDO
Externo à Instituição - TATIANE GOMES GUEDES - UFPE
Interno - 1167764 - TELMA MARIA EVANGELISTA DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 15/09/2017 08:27
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 06/10/2022 02:02