Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: INGRID MOURA DE ABREU

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: INGRID MOURA DE ABREU
DATA: 26/11/2018
HORA: 14:30
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: AÇÕES DE ENFERMAGEM NO GERENCIAMENTO DE RISCOS PARA A SEGURANÇA DO PACIENTE
PALAVRAS-CHAVES: Segurança do paciente. Gestão de risco. Enfermagem. Cultura Organizacional.
PÁGINAS: 37
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

A deficiência na segurança do paciente causa aumento do risco da ocorrência de erros e eventos adversos. Para que o paciente receba uma assistência de excelência com uma exposição ao mínimo de riscos à sua saúde é imprescindível a implementação do gerenciamento de riscos, com a finalidade de aumentar a confiabilidade dos processos vigentes por meio da análise das falhas ocorridas, diminuir os erros e aumentar a qualidade tanto em procedimentos clínicos como administrativos. Cabe ao profissional enfermeiro, à medida que assumem o papel de líderes de equipes, intervir de maneira segura para a melhoria da qualidade da assistência. Nesse sentido, este estudo tem como objetivos descrever o conhecimento dos profissionais sobre Gerenciamento de Riscos, Segurança do paciente a respeito desses temas; Identificar os principais riscos para a segurança do paciente e as ações dos enfermeiros para minimizá-los; Identificar as atitudes dos profissionais diante dos erros relacionados à segurança do paciente; Elaborar, coletivamente, um plano de ação voltado ao gerenciamento de riscos e a segurança do paciente. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, baseada no referencial metodológico da pesquisa Convergente-Assistencial, desenvolvido nos postos de internação de um hospital acreditado, localizado na cidade de Teresina-PI. Para a construção dos dados foram utilizadas entrevistas semiestruturadas e grupo focal, participaram deste estudo 22 enfermeiros. A análise qualitativa dos dados obtidos foi realizada pelo software Iramuteq, para a análise do texto, definiu-se o método da Classificação Hierárquica Descendente, a partir da análise os dados foram discutidos a luz da literatura. O projeto do presente estudo foi encaminhado para apreciação no Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí, aprovado com parecer: 2.404.180 e CCAE: 79588917.0.0000.5214. Dos 22 participantes da pesquisa, 21 eram mulheres e a média de idade foi de 32 anos. O tempo médio de formação foi sete anos e de atuação na instituição foi de seis anos. Todos com nível de ensino superior e todos afirmaram já terem realizado algum treinamento na área da segurança do paciente. O IRAMUTEQ reconheceu a separação do corpus em 220 segmentos de textos com aproveitamento de 74,55% dele. Com base na análise pela Classificação Hierárquica Descendente, buscou-se a identificação e a análise dos domínios textuais, e a interpretação dos significados, dando-lhes nomes com seus respectivos sentidos em classes: Ações diante das ocorrências, Segurança do paciente e gerenciamento de riscos na perspectiva de enfermeiros, Percepção, atitudes e vivências diante dos riscos no contexto de trabalho.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1350197 - FERNANDA VALERIA SILVA DANTAS AVELINO
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Interno - 1167659 - SILVANA SANTIAGO DA ROCHA
Externo à Instituição - THATIANNY TANFERRI DE BRITO PARANAGUÁ - UnB
Notícia cadastrada em: 18/10/2018 08:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 01:07