Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA PAULA MOUSINHO TAVARES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA PAULA MOUSINHO TAVARES
DATA: 19/12/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: ADAPTAÇÃO TRANSCULTURAL E VALIDAÇÃO DE CONTEÚDO DO INSTRUMENTO HEALTH PROFESSIONAL EDUCATION IN PATIENT SAFETY SURVEY
PALAVRAS-CHAVES: Estudantes de enfermagem. Conhecimento. Avaliação educacional. Segurança do Paciente. Estudos de validação
PÁGINAS: 109
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

INTRODUÇÃO: pesquisas que avaliem quantitativamente, por meio de instrumentos de medidas o conhecimento a respeito da segurança do paciente constituem em lacuna do conhecimento. Portanto, há uma urgência crescente de adaptar e validar instrumentos capazes de mensurar o conhecimento e as competências em segurança do paciente, na perspectiva dos estudantes e profissionais de saúde. OBJETIVO GERAL: Adaptar o instrumento Health Professional Education in Patient Safety Survey para o contexto brasileiro. ESPECÍFICOS: traduzir o instrumento para português, avaliar as equivalências semântica, idiomática, experimental e conceitual e, realizar a validação de conteúdo. METODOLOGIA: estudo metodológico com abordagem quantitativa de adaptação transcultural do instrumento Health Professional Education in Patient Safety Survey (H-PEPSS) que mede o conhecimento e competências dos estudantes ou/e profissionais de saúde sobre segurança do paciente. O processo de adaptação e tradução seguiu a metodoglogia de Beanton (2007) e para a validação de conteúdo seguiu-se Pasquali (2009). Foram desenvolvidas as seguintes etapas: 1- Tradução inicial; 2 - Síntese das traduções; 3 - Retrotradução (Backtranslation); 4 – Revisão por um Comitê de juízes; 5 - Teste piloto (pré-teste); 6 – Envio do processo para a comissão de avaliação. A validação de conteúdo avalia o grau de relevância dos itens de um teste na representatividade de todo o universo ou dimensão de um conteúdo teórico. Critérios de inclusão: ser estudante do curso bacharelado de enfermagem, estar regulamente matriculado no período concernente à coleta de dados e estar no último ano do curso, cursando disciplinas com práticas nos hospitais. Critérios de exclusão: estudantes que não foram encontrados nas salas de aula, após três tentativas de contato. O instrumento utilizado para coleta de dados na fase do pré-teste foi a versão pré final traduzida. Foi aplicado em 34 estudantes de enfermagem, juntamente com o formulário sócio-demográfico e questões sobre clareza do instrumento. A pesquisa atendeu as normatizações éticas nacionais, assim como obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí. RESULTADOS: Inicialmente foram confeccionadas duas traduções do instrumento original, feitas por dois tradutores idenpendentes (T1 e T2). As divergências entre as traduções foram evidenciadas, e no fim resultou em uma versão síntese das traduções (T12). Na terceira etapa, a síntese das traduções foi submetida a retrotradução, gerando duas versões m inglês (RT1 e RT2). O comitê de especialistas analisou as equivalências semântica, idiomática, experimental e conceitual das versões (T1, T2, T12, RT1 e RT2) e o instrumento original. Em seguinda, deu origem a uma versão pré-final que foi submetida ao pré-teste realizado com 34 alunos de enfermagem do Piauí. As sugestões dadas pelos alunos foram encaminhas para os juízes, o quais aceitaram ou não, por fim, esta versão foi submetida para validação de conteúdo pelo comitês de especialistas, originando a versão final.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Interno - 1350197 - FERNANDA VALERIA SILVA DANTAS AVELINO
Externo à Instituição - JAMILA GERI TOMASCHEWSKI BARLEM - FURG
Presidente - 7422147 - LIDYA TOLSTENKO NOGUEIRA
Notícia cadastrada em: 13/12/2018 11:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 09:04