Notícias

Grupo GEMESE do PPGEnf comemora Dia Internacional do Idoso

Aconteceu na tarde dessa terça-feira, 01, às 14h30, a atividade de alusão ao Dia Internacional do Idoso "AtivaIdade para idosos". A  evento foi realizado pelo grupo de estudos sobre a Multidimensionalidade do Envelhecimento, Saúde e Enfermagem (GEMESE/UFPI), Coordenado pela Profa. Dra. Livramento Fortes Figueiredo, com parceria e apoio da Coordenação de Atenção à Saúde do Adulto e Idoso da Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (SESAPI). 

 

A Profa. Dra. Livramento Figueiredo falou sobre a importância do evento. “Nós estamos trazendo assuntos importantes a partir dos estudos desenvolvidos pela Cynthia Roberta Dias Torres Silva, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Ela está trabalhando tecnologias, principalmente de comunicação, que é trabalhar o autocuidado do idoso e sobre intervenções educativas para promoção da saúde do idoso", explica. 

 

dia internacional idoso 3220191001174900

 Professora Livramento Figueiredo 

 

dia internacional idoso 2220191001175041

         

dia internacional idoso 1320191001175240

Grupo de idosos da Associação do Movimento Busca de Soluções do Parque Piauí (AMBS)


A Coordenadora de Atenção à Saúde do Idoso da Secretária de Saúde do Estado do Piauí, Valdite Barros da Costa Leão, deu mais detalhes sobre o evento. “Nós realizamos uma atividade com os idosos do Parque Piauí em comemoração ao Dia Internacional do Idoso. É uma data muito importante, pois os dados demográficos apontam que a população está envelhecendo e nós temos que dar toda a atenção para essa população. Nós viemos falar da questão de uma qualidade de vida diferenciada para o idoso. Não é envelhecer de qualquer forma, mas envelhecer com qualidade de vida", explica. 

 

Ainda segundo Valdite Barros, durante a comemoração, foram realizadas brincadeiras recreativas, distribuição de lanches, distribuição de material educativo e também assistência à saúde, como: aferição de pressão arterial, teste de glicemia, IMC, dentre outros. "Este é um momento para a mobilização, visibilidade e atenção à saúde do idoso. Não podemos fechar os olhos para essa realidade, pois  seremos fututamente não só um país de idosos, mas um estado de idosos e precisamos começar a voltar o pensamento para a saúde, qualidade de vida e  socialização. Hoje, o idoso é tratado de uma forma muito triste. O idoso é cuidado por um parente da família que não entende as necessidades dele, por isso que nós queremos ampliar esta questão. Além disso, muitas vezes, as pessoas da terceira idade perdem a sociabilidade, entram em depressão, há muitos casos de suicídio, então, nós precisamos tocar nestas temáticas, principalmente, nos dias de hoje", explica. 

 

dia internacional idoso 2920191001174739

Coordenadora de Atenção à Saúde do Idoso da Secretaria de Sáude do Estado do Piauí, Valdite Barros da Costa Leão


Durante o evento comemorativo, foram discutidos temas sobre a qualidade de vida, nutrição, prevenção de doenças crônicas para que as pessoas tenham um olhar diferenciado para a questão do idoso. "Nós precisamos conhecer os direitos do idoso, começar a se articular para mudar este perfil do idoso do nosso Estado para que o idoso se sinta também importante”.

 

Rastreio de Sarcopenia em Idosos

Sacorpenia é definida como uma redução da massa muscular, a redução de força e a piora do desempenho físico que ocorre ao longo do envelhecimento. O comprometimento da função muscular esquelética promovido pelo envelhecimento e por fatores desencadeantes como inatividade física, desnutrição e presença de algumas doenças com efeito catabólico é um importante problema de saúde pública.

 

O rastreio de sarcopenia é o estudo por meio do qual é possível identificar indivíduos acometidos com a condição e propor estratégias terapêuticas ou preventivas adequadas, buscando, em última análise a medicina personalizada. Nós estamos distribuindo a caderneta do idoso, informando os municípios e regionais, capacitamos profissionais. Dentro da caderneta do idoso não tem só a questão do rastreamento de sarcopenia, mas tem toda a vida do idoso desde a questão de hipertensão, uma doença crônica, diabetes, IMC. Então, sempre falo da importância deste documento onde você vê muito o perfil de idoso frágil. A caderneta possui os estudos para se fazer o teste do perfil do idoso, se ele está frágil, vulnerável. Assim, temos como ver o perfil do idoso do município, temos como avaliar se os idosos estão mais hipertensos, mais diabéticos, se eles estão obesos, se possuem depressão, problemas de saúde mental. Tudo vai estar nesta caderneta e a gente vai fazer um estudo desses dados", explica a professora Livramento Figueiredo. 

 

A comemoração do Dia Internacional do Idoso aconteceu na Associação do Movimento Busca de Soluções do Parque Piauí (AMBS), localizada na quadra 14, casa 19, atrás do Distrito Policial.

Notícia cadastrada em: 03/10/2019 08:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 04:26