Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RUTIELLE FERREIRA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RUTIELLE FERREIRA SILVA
DATA: 09/10/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: RASTREAMENTO DA SARCOPENIA EM IDOSOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA: SABERES E PRÁTICAS DO ENFERMEIRO
PALAVRAS-CHAVES: Sarcopenia. Idoso. Enfermagem. Atenção Primária à Saúde
PÁGINAS: 107
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: Este estudo focaliza a problemática da sarcopenia em idosos, um distúrbio muscular esquelético caracterizado por uma redução progressiva da força e da massa muscular, associado ao aumento do risco de quedas, fraturas, dependência, redução da qualidade de vida, aumento da mortalidade e do tempo de internação em idosos. Cabe ao enfermeiro que atua na atenção primária atuar no rastreio da sarcopenia e no planejamento de ações que almejem a promoção da saúde do idoso. Objetivos: Conhecer os saberes do enfermeiro da atenção primária sobre o rastreamento da sarcopenia em idosos; Compreender as práticas de cuidado realizadas pelo enfermeiro da atenção primária no rastreio da sarcopenia em idosos; Levantar as dificuldades enfrentadas pelo enfermeiro da atenção primária no rastreamento da sarcopenia em idosos; e Discutir com os enfermeiros estratégias promocionais na saúde na perspectiva do autocuidado na população idosa de acordo com a Teoria de Nola J. Pender. Métodos: Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva de natureza qualitativa realizada com 24 enfermeiros atuantes na Estratégia Saúde da Família (ESF) do Município de Timon-MA. A produção dos dados ocorreu no período de maio a julho de 2019, através da utilização de entrevistas semiestruturadas. As entrevistas foram gravadas em gravador digital. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade Federal do Piauí, por meio do parecer nº 2.883.274. Resultados e discussão: A maioria (n=21) dos participantes era do sexo feminino, com idade entre 23 e 44 anos. Quanto a qualificação profissional, 18 participantes cursaram pós-graduação latu sensu, principalmente em Saúde da Família e Saúde Pública. Vale ressaltar que 23 enfermeiros nunca participaram de capacitação na área de geriatria/gerontologia. O tempo de serviço dos participantes na ESF do referido Município variou entre 4 dias e 6 anos. A partir da análise dos depoimentos foram formuladas três categorias temáticas, as quais foram denominadas: Saberes e Práticas do Enfermeiro da Atenção Primária sobre a Sarcopenia em Idosos; Entraves enfrentados pelos enfermeiros da atenção primário para rastrear a sarcopenia em idosos; e Estratégias promocionais na saúde na perspectiva do autocuidado na população idosa de acordo com a Teoria de Nola J. Pender. Diante dos resultados, observa-se que os saberes se mostraram empíricos e frágeis e as práticas assistenciais desenvolvidas no cotidiano dos participantes caracterizam-se por serem voltadas apenas para a hipertensão e o diabetes. Os entraves identificados para rastrear a sarcopenia estão relacionados à déficits de conhecimento, que permeiam desde a graduação e perpassam a vida profissional. As estratégia elencada para promover a saúde do idoso, destaca-se as ações educativas. Os discursos apontam para a necessidade de capacitação que aborde as especificidades da problemática. Conclusão: Os resultados evidenciaram o quanto a sarcopenia é negligenciada, o que remete a necessidade de que a condição seja mais discutida não somente na área da enfermagem, mas na da saúde como um todo. Mostra-se ainda, a importância da instituição de ações de promoção da saúde pautadas em modelos teóricos que integrem a enfermagem à ciência do comportamento, identificando os fatores que influenciam nos comportamentos saudáveis.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Externo à Instituição - JUAN JOSÉ TIRADO DARDER - CEU
Externo ao Programa - 537.517.107-44 - MARIA ANTONIETA RUBIO TYRRELL - UFRJ
Presidente - 423632 - MARIA DO LIVRAMENTO FORTES FIGUEIREDO

Notícia cadastrada em: 09/10/2019 08:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 03:19