Notícias

Banca de DEFESA: ALINE RAQUEL DE SOUSA IBIAPINA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALINE RAQUEL DE SOUSA IBIAPINA
DATA: 13/02/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: INTERVENÇÃO EM PACIENTES COM SINTOMAS DE ANSIEDADE: TÉCNICA DE RELAXAMENTO MUSCULAR DE JACOBSON
PALAVRAS-CHAVES: Saúde Mental. Estratégia Saúde da Família. Ansiedade. Enfermagem. Terapia de Relaxamento.
PÁGINAS: 98
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

INTRODUÇÃO: Sintomas de ansiedade causam ruptura no funcionamento normal das atividades desenvolvidas pelos indivíduos. As técnicas de intervenção visam prevenir doenças e promover a saúde. Entre elas, destaca-se a terapia de relaxamento muscular progressivo de Jacobson. OBJETIVO: Avaliar a aplicação da técnica de relaxamento muscular progressivo de Jacobson na população adulta com sintomas de ansiedade assistidas na Atenção Primária à Saúde do município de Teresina-Piauí. MATERIAL E MÉTODO: Ensaio clínico não randomizado (quase experimental), desenvolvido com 391 usuários com sintomas de ansiedade (mínimo, leve, moderado e grave). Foram aplicados os instrumentos: Inventário de Ansiedade de Beck e questionário para dados sociodemográficos, condições de saúde e hábitos de vida. 108 participantes apresentaram sintomas leves e moderados e foram convidados para compor o grupo experimental (41) e grupo controle (67). Os dados foram coletados de março a agosto de 2019. O grupo experimental recebeu a técnica de relaxamento muscular progressivo de Jacobson e o grupo controle palestras. Em ambos os grupos o Inventário de Ansiedade de Beck foi aplicado em dois momentos (pré-teste/pós-teste). Para análise estatística, utilizou-se o software Statistical Package for the Social Science versão 22.0 e estatísticas descritivas (medidas de tendência central) e inferenciais (Teste Quadrado de Pearson, Exato de Fisher, Mann-Whitney e Wilcoxon). RESULTADOS: A prevalência de sintomas de ansiedade foi observada em toda a amostra, sendo 68,1% nível mínimo, 18,4% leve, 9,2% moderado e 4,3% grave. Dos 108 participantes dos grupos (experimental e controle) a predominância foi do sexo feminino (83,3%), faixa etária de 20|-|39 anos, casadas (50,0%), com filhos (81,5%), cor parda (48,1%), média de 10 anos de estudo, renda mensal de até 2 salários mínimos (83,3%), sem emprego formal (60,2%), e religião (88%). Quanto às condições de saúde e hábitos de vida, frequentam os serviços de saúde uma vez ao mês (39,8%), presença de hipertensão (44,2%) e diabetes mellitus (14,0%), eventos estressores recentes (66,7%), problemas com sono (62%), consumo de substâncias ilícitas e/ou licitas (26,9%), tratamento psiquiátrico (27,8%), tratamento alternativo (6,5%), prática de atividade física (40,7%) e histórico de violência (32,4%). No primeiro momento os grupos apresentaram homogeneidade em relação as características (p= 0,707) e aos escores dos níveis de ansiedade (p-valor: 0,463). No segundo momento mostraram heterogeneidade e independência relacionado as características (p= 0,001) e aos escores (p= 0,001). A aplicação do teste Wilcoxon mostrou que com a aplicação da técnica houve melhoria dos sintomas ansiosos do grupo experimental (p= 0,001), com maior efetividade nos participantes com sintomas leves (p= 0,010), sexo feminino, adulto jovem, histórico de situação estressora recente e problemas com sono (p<0,001). CONCLUSÃO: A técnica de relaxamento muscular progressivo de Jacobson se mostrou efetiva em relação à melhoria dos sintomas ansiosos quando aplicada a pessoas com sintoma de ansiedade leve e moderada. Recomenda-se a adoção dessa estratégia interventiva como medida de prevenção e promoção da saúde em usuários com sintomas de ansiedade leve e moderado.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 6422772 - BENEVINA MARIA VILAR TEIXEIRA NUNES
Presidente - 1167726 - CLAUDETE FERREIRA DE SOUZA MONTEIRO
Externo ao Programa - 2073270 - FERNANDO JOSÉ GUEDES DA SILVA JÚNIOR
Interno - 2221112 - MARCIA ASTRES FERNANDES
Interno - 1167764 - TELMA MARIA EVANGELISTA DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 04/02/2020 15:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 07:32