Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: PRISCILLA DANTAS ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PRISCILLA DANTAS ALMEIDA
DATA: 17/03/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Remotamente
TÍTULO: INFLUÊNCIA DOS CONTEÚDOS SEXUAIS MIDIÁTICOS NAS PRÁTICAS DE RISCO AO HIV/AIDS
PALAVRAS-CHAVES: Mídia Audiovisual. Comportamento Sexual. HIV. AIDS.
PÁGINAS: 47
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Em 2019, aproximadamente, 38 milhões de pessoas viviam com HIV em todo o mundo e aproximadamente 7,1 milhões de pessoas desconheciam que viviam com HIV. Destaca-se que, as populações-chave e seus parceiros sexuais representam 62% das novas infecções por HIV em âmbito global. Um componente novo tem preocupado estudiosos e autoridades de saúde, no que diz respeito à expansão do HIV/aids, que são as mídias sexualmente explícitas (MSE), as quais compreendem qualquer tipo de material com descrição de órgãos genitais ou atos sexuais explícitos de qualquer natureza, capazes de estimular ou modificar sentimentos ou pensamentos sexuais do espectador. Nessa perspectiva, e considerando a ausência de publicações relacionadas à população geral com esta vertente, no país, o presente estudo tem como objetivo verificar a associação entre o consumo de MSE e as práticas de risco ao HIV/AIDS. Trata-se de um estudo analítico, transversal, online e de abrangência nacional envolvendo um expressivo contingente populacional de várias regiões do Brasil, o qual permitirá obter informações primárias sobre a situação de saúde sexual, especialmente as relacionadas ao HIV/AIDS, desse grupo. Será criada uma postagem fixa associada à página oficial da pesquisa, com informações e um convite para participar. Esta postagem será impulsionada semanalmente, no período da coleta de dados, para se ter acesso a todas as regiões do Brasil, até atingir o quantitativo planejado por região, ou seja, a amostra será finalizada em 2.761 participantes. Serão realizadas análises univariadas, por meio de estatísticas descritivas simples. O teste de Kolmogorov-Smirnov será aplicado nas variáveis numéricas contínuas para verificação do pressuposto de normalidade. Para determinar a prevalência do status sorológico ao HIV e as práticas sexuais associadas ao mesmo, serão utilizadas estatísticas descritivas (proporções) e inferenciais. Na estatística inferencial aplicarse-ão testes de hipóteses bivariados e multivariados. O teste bivariado de associação entre as variáveis qualitativas será a Regressão Logística Simples, referido aqui como odds nãoajustado. O modelo de regressão logística multivariada será adotado para produção das “odds ratio” (OR Ajustadas), com vistas a analisar a influência do consumo de mídias sexuais explícitas nas práticas de risco ao HIV/Aids adotando-se os desfechos binários: “envolveu-se em práticas sexuais de risco? (Sim/Não)” e relacionadas ao consumo de mídias sexuais. O nível de significância adotado será de 0,05 e intervalos de confiança de 95%. O projeto já está aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFPI. O Cronograma apresenta-se com atividades previstas nos anos de 2020 e 2021, e a defesa da tese para o primeiro bimestre de 2022. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDERSON REIS DE SOUSA - UFBA
Externo ao Programa - 2499589 - CHRYSTIANY PLÁCIDO DE BRITO VIEIRA
Interno - 1792859 - ELAINE MARIA LEITE RANGEL ANDRADE
Interno - 3870578 - FERNANDO LOPES E SILVA JUNIOR
Interno - 2364966 - ROSILANE DE LIMA BRITO MAGALHAES
Presidente - 1167764 - TELMA MARIA EVANGELISTA DE ARAUJO
Externo à Instituição - ÁLVARO FRANCISCO LOPES DE SOUSA - UNINOVAFAPI
Notícia cadastrada em: 26/02/2021 11:42
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 08:23