Notícias

Vídeo intitulado "Risco de queda: não caia nessa" é produzido a partir de Tese de Doutorado em Enfermagem

 

A tese de Doutorado do Prof. Dr. Guilherme Guarino de Moura Sá intitulada “Efetividade de vídeo educativo na percepção de idosos sobre os riscos de queda: ensaio randomizado controlado” resultou em um vídeo educativo sobre risco de quedas em idosos.

Guilherme concluiu o Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí e foi orientado pela Profa. Dra. Ana Maria Ribeiro dos Santos.

 

 

 

 

 

Captura de Tela (658).png

 

A ideia da produção do vídeo surgiu a partir da identificação de que a queda em idosos é um problema de saúde pública mundial, em que, no mundo, a OMS aponta que 35% das pessoas acima de 65 anos e 42% daqueles com 70 anos caem a cada ano. Outros dados apontaram que os idosos não se reconhecem como vulneráveis e não identificam os riscos aos quais se encontram expostos.

“Nós identificamos que o uso de vídeo educativo ajudou os idosos a identificar os riscos de queda em alguns países, mas que, no Brasil, não existia nenhum vídeo construído e validado cientificamente, que contribuísse para a percepção dos riscos de queda por idosos. Dessa forma, nós construímos o vídeo intitulado "Risco de queda: não caia nessa" que apresenta, em forma de animação, os riscos biológicos, socioeconômicos, ambientais e comportamentais de queda em idosos”, destaca o Prof. Dr. Guilherme Guarino.     

 

WhatsApp Image 2020-11-06 at 10.28.26 (1).jpeg

Prof. Dr. Guilherme Guarino


O vídeo é uma forma de levar um produto científico à comunidade, de forma acessível ao público a que ele se destina.” A construção e validação do vídeo educativo acerca dos riscos de queda para idosos é inédita no Brasil e a sua disponibilização contribui para a disseminação de informações para o autocuidado”, enfatiza Guilherme. O vídeo ainda surge como recurso tecnológico que pode ser incorporado às estratégias educacionais já desenvolvidas na comunidade por enfermeiros e outros profissionais, que tem o público idoso como cliente.

 

Confira aqui o vídeo.

Notícia cadastrada em: 06/04/2021 18:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 04:57