Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MAYARA MACÊDO MELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MAYARA MACÊDO MELO
DATA: 07/07/2021
HORA: 15:00
LOCAL: Remotamente
TÍTULO: SINTOMAS ATÍPICOS DA COVID-19 APRESENTADOS EM PACIENTES DE UM HOSPITAL DE REFERÊNCIA DO ESTADO DO PIAUÍ
PALAVRAS-CHAVES: COVID-19. Sintomas Clínicos. Sintomas Atípicos.
PÁGINAS: 28
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: A infecção pelo vírus SARS-CoV-2 que ocasiona a Coronavirus Disease 2019 (COVID-19) se disseminou velozmente pelo mundo, configurando um cenário pandêmico, sendo atualmente um grave problema de saúde pública que intriga e desafia pesquisadores. O primeiro caso da COVID-19 confirmado no Brasil foi registrado no dia 26 de fevereiro de 2020, e no estado do Piauí foi registrado o primeiro caso suspeito no mesmo mês, sendo notificado o primeiro caso da doença confirmado em março do mesmo ano. A história natural da doença vem sendo escrita com o tempo, com a realização de estudos e observações clínicas sendo paulatinamente apontadas, de modo que em meados de dezembro de 2019 os sinais e sintomas clássicos da infecção por SARS-CoV-2 eram temperatura corporal igual ou superior a 37,8 ºC, tosse, dor muscular e dispneia. Outros sintomas nesta ocasião eram tratados como atípicos. Objetivo: Analisar os sintomas atípicos da COVID-19 apresentados por pacientes atendidos em um hospital de referência do estado do Piauí. Método: estudo transversal, de caráter documental com abordagem exploratória descritiva. Realizado no município de Teresina com amostra de 708 prontuários de pacientes assistidos em um hospital de referência no combate à COVID-19 no estado do Piauí, no período de fevereiro de 2002 a fevereiro de 2021. Destes, 303 foram analisados e apenas 100 tiveram suas informações encontradas no sistema SIVEP-Gripe. Para análise estatística, utilizou-se software Statistical Package for the Social Sciences, versão 22.0. Foi realizado análise univariada e bivariada. Resultados: Com dados preliminares da pesquisa pode-se inferir que a maioria dos pacientes internada por COVID-19 no hospital estudado são do sexo masculino (69%) com faixa etária entre 40-49 anos (23%) e prevalência da cor parda (74%), escolaridade no ensino fundamental 1° ciclo (13%), com maioria sendo oriundos de Teresina (59%), com maioria não sendo profissionais da saúde (18%). Para caracterização dos sintomas atípicos utilizou-se o termo “outros” da variável sinais e sintomas do formulário adaptado utilizado, e os sintomas referidos foram: hiporexia (%), astenia (7%), artralgia (6%), vertigem (1%), arritmia (1%), coriza (6%), inapetência (2%), cianose (1%), calafrios (6%), mialgia (25%) e cefaleia (28%). Entretanto a literatura aponta que os sintomas mais comumente referidos são: febre, tosse seca, cansaço, infecção pulmonar e dificuldade respiratória, porém, alguns indivíduos que manifestaram a doença também podem apresentar coriza, cefaleia, diarreia, congestão nasal e dor de garganta; as bronquiectasias, consolidação lobar, escavação pulmonar e nódulos centrolobulares são considerados sintomas atípicos apresentados em pessoa acometidas pela COVID-19.
Conclusão: A prevalência de sintomas atípicos caracterizou-se com maior evidência com mialgia e cefaleia, que atualmente já são considerados sintomas clássicos da doença,
entretanto este achado é reflexo da desatualização da ficha de notificação para a doença.  


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2792239 - ANDREIA RODRIGUES MOURA DA COSTA VALLE
Presidente - 1581960 - DANIELA REIS JOAQUIM DE FREITAS
Externo ao Programa - 1458815 - JOSIE HAYDEE LIMA FERREIRA PARANAGUA
Externo à Instituição - KELLY MYRIAM JIMENEZ DE ALIAGA - UCV
Notícia cadastrada em: 06/07/2021 17:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 04/10/2022 03:19