Notícias

Banca de DEFESA: RÔMULO VELOSO NUNES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RÔMULO VELOSO NUNES
DATA: 15/12/2021
HORA: 14:30
LOCAL: Remotamente
TÍTULO: PRÁTICAS SEXUAIS E PREDISPOSIÇÃO AO USO DA PROFILAXIA PRÉ-EXPOSIÇÃO AO HIV POR HOMENS DE 50 ANOS E MAIS QUE FAZEM SEXO COM HOMENS
PALAVRAS-CHAVES: Comportamento Sexual. HIV. AIDS. Homens Que Fazem Sexo com Homens
PÁGINAS: 62
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: A disseminação do vírus da imunodeficiência humana (HIV) representa um problema de saúde pública que ataca desproporcionalmente algumas populações específicas, como os homens que fazem sexo com outros homens, representando 49% das novas infecções pelo vírus na Europa Ocidental, Central e na América do Norte. Objetivo Geral: Analisar as práticas sexuais e a predisposição ao uso da profilaxia pré-exposição (PrEP) em homens com idade igual ou superior a 50 anos que fazem sexo com homem. Objetivos Específicos: Identificar as características sociodemográficas da amostra do estudo, predizer como as variáveis independentes explicam o alto índice HIRI(risco de contaminação pelo HIV), determinar as variáveis associadas à predisposição ao uso da PrEP nos participantes do estudo. Método: Realizou-se estudo analítico, transversal, envolvendo 718 HSH a partir de 50 anos de idade. A coleta de dados ocorreu entre setembro de 2020 a fevereiro de 2021, com a aplicação deum formulário online.A análise descritiva incluiu frequências absolutas e relativas. Para explicar as variáveis dependentes, índice de contaminação (Alto/Baixo) e predisposição ao uso de PrEP (sim/não) foram realizadas análises bivariadas e multivariadasutilizando-se a Odds Ratio bruta (ORb) e ajustada (ORa). A significância estatísitica foi fixada em 5%. Resultados: O alto índice HIRI foi verificado em 38,71% da amostra, enquanto a predisposição ao uso de PrEP em 58,07%. A escolaridade, o conhecimento sobre a Profilaxia Pós-Exposição (PEP), gozar fora, sexo grupal, adoção de posição sexual passiva e versátil, prática de fisting, bareback e o chemsex, foram variáveis significativas para o aumento das chances de contaminação pelo HIV. As variáveis associadas ao aumento da predisposição ao uso da PrEP foram a faixa etária, o sexo com penetração, o conhecimento da PEP, o alto índice HIRI e o diagnóstico de sífilis. Conclusão: O alto índice HIRI foi verificado em parcela significativa da amostra, enquanto pouco mais da metade se mostrou predisposta a usar a PrEP, evidenciando-se por um lado, que determinados comportamentos sexuais, com ênfase para o chemsex, aumentam o índice HIRI. E por outro, que aqueles HSH que já conhecem a têm as chances de predisposição ao uso da PrEP aumentadas, o que sinaliza que ações de educação em saúde, com o uso de técnicas e estratégias que alcancem os HSH, especialmente com 50 anos ou mais, são primordiais para a elevação das taxas de predisposição.  


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167764 - TELMA MARIA EVANGELISTA DE ARAUJO
Interno - 2792239 - ANDREIA RODRIGUES MOURA DA COSTA VALLE
Interno - 2364966 - ROSILANE DE LIMA BRITO MAGALHAES
Externo à Instituição - ÁLVARO FRANCISCO LOPES DE SOUSA - UNINOVAFAPI
Notícia cadastrada em: 14/12/2021 14:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 01:39