Notícias

Banca de DEFESA: INGRID MOURA DE ABREU

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: INGRID MOURA DE ABREU
DATA: 23/02/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Remotamente
TÍTULO: INTERVENÇÃO EDUCATIVA SOBRE SEGURANÇA DO PACIENTE EM AMBIENTE HOSPITALAR: UMA AVALIAÇÃO QUALITATIVA
PALAVRAS-CHAVES: Segurança do paciente. Enfermagem. Meio social. Pesquisa qualitativa.
PÁGINAS: 132
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: O uso de estratégias educativas foi apontado como um elemento facilitador para superar os desafios e promover a segurança do paciente. Nesse cenário, o entendimento sobre os mecanismos de ação e condições do contexto que contribuem ou prejudicam o desenvolvimento de intervenções é pertinente e tem papel fundamental na compreensão da implementação, suas implicações e fatores associados a obtenção do resultado para a segurança do paciente. Visto que possibilita uma instigação mais profunda de condições estruturais e sociais envolvidas. Objetivo: Analisar a influência do contexto na implementação e resultados de um curso de formação complementar sobre segurança do paciente, entendido como uma intervenção educativa em ambiente hospitalar. Trajetória metodológica: Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa do tipo exploratório-descritiva que foi desenvolvida com profissionais de enfermagem vinculados a um hospital estadual, localizado no município de Floriano- Piauí. A produção de dados ocorreu em três etapas: A primeira etapa ocorreu por meio de entrevistas individuais semiestruturadas com uma amostra de 22 participantes do estudo; a segunda ocorreu com a aplicação de uma intervenção educativa por meio de um curso de formação complementar denominado “Segurança do paciente: Noções Básicas e Estratégias de Promoção” aplicado a 74 profissionais; e a terceira com a realização de três Grupos Focais, com amostra de 19 participantes. A análise qualitativa dos dados foi realizada com auxílio do software IRAMUTEQ, para análise de conteúdo foi adotada a técnica de análise temática. A coleta de dados ocorreu após autorização pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí e de acordo com os preceitos éticos das pesquisas que envolvem seres humanos. Resultados: Das análises emergiram cinco categorias: a primeira com a descrição dos participantes; a segunda “Significados, percepções e comportamentos: identificando o contexto simbólico para a segurança do paciente”, a qual originou as subcategorias “Contexto simbólico na perspectiva dos profissionais de enfermagem sobre segurança do paciente” e “Segurança do paciente nas vivências e experiências”; a terceira “Suporte organizacional para a segurança do paciente: entendendo a base relacional e o contexto institucional”; a quarta “Instrumentalizar para a segurança do paciente: contexto material” e a quinta “A intervenção educativa no processo de construção do conhecimento e boas práticas relacionadas à segurança do paciente”. Conclusão: O estudo permitiu analisar a influência dos contextos simbólico, institucional/relacional e material na implementação e resultados da intervenção educativa sobre segurança do paciente em ambiente hospitalar, demonstrando que existe uma relação de dependência entre eles e a importância do seu fortalecimento em conjunto para obtenção de sucesso em processos de melhoria da qualidade e segurança do paciente. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Presidente - 1350197 - FERNANDA VALERIA SILVA DANTAS AVELINO
Externo à Instituição - JAMILA GERI TOMASCHEWSKI BARLEM - FURG
Externo ao Programa - 2059016 - JAQUELINE CARVALHO E SILVA SALES
Externo à Instituição - LAURELIZE PEREIRA ROCHA - UFRN
Interno - 7422147 - LIDYA TOLSTENKO NOGUEIRA
Interno - 2335983 - MARCIA TELES DE OLIVEIRA GOUVEIA
Notícia cadastrada em: 08/02/2022 14:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 08:07