Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: IVANA CAVALCANTE DE SOUSA BRUSSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IVANA CAVALCANTE DE SOUSA BRUSSA
DATA: 27/09/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Remotamente
TÍTULO: ESTRUTURA, PROCESSO E RESULTADO NO ATENDIMENTO EMERGENCIAL AS TENTATIVAS DE SUICÍDIO EM TEMPOS DE PANDEMIA COVID-19
PALAVRAS-CHAVES: Tentativa de Suicídio; Indicadores de Estrutura, Processos e Resultados; Serviços de Emergência Psiquiátrica
PÁGINAS: 67
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: A tentativa de suicídio configura-se como emergência psiquiátrica e integra a Lista Nacional de Notificação Compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde pública. A ocorrência de mortes por suicídio tem crescido de forma alarmante e os seus elevados índices provocam preocupação em todo o mundo. Autoridades sanitárias e pesquisadores têm chamado a atenção para esse grave problema de saúde pública e apontado a importância da construção de estratégias concretas de prevenção e controle. Objetivo: Avaliar as modificações impostas pela pandemia COVID-19 nos resultados clínicos e nas dimensões de estrutura e processo durante o atendimento emergencial às tentativas de suicídio. Método: Estudo avaliativo realizado em emergência psiquiátrica de Teresina e desenvolvido em duas etapas: 1 - Estudo transversal com 443 registros assistenciais de pacientes que buscaram atendimento emergencial após tentativa de suicídio entre os anos de 2019 a 2021. 2 - Estudo analítico com 28 profissionais integrantes da equipe assistencial para avaliação dos indicadores de estrutura, processo e resultado. A análise foi realizada com base nos princípios da estatística descritiva e inferencial e o estudo
obteve aprovação emitida pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí, sob processo número 4.866.443. Resultados: No período estudado foram registrados 443 casos de violência autoprovocada e os resultados demonstraram redução considerável das notificações, dentre eles após o ano de 2020, em que foi decretado o estado de emergência global imposta pela pandemia COVID-19 e suas medidas de enfrentamento. A análise descritiva evidenciou as tentativas de suicídio, independente do ano de notificação, predominaram no sexo feminino, com faixa etária de 20 a 34 anos, autodeclaradas pardas, solteiras e com baixa escolaridade. As condições clínicas e terapêuticas dos participantes deste estudo, evidencia que a maioria apresenta deficiência e/ou transtorno prévio, dentre eles predominaram as desordens de mentais e comportamentais que se destacaram por apresentar registro considerável nas notificações. A avaliação das dimensões processo, estrutura e resultado foi realizada pelos trabalhadores atuantes no serviço de emergência psiquiátrica. A análise do perfil profissional demonstrou o predomínio do sexo feminino, solteiros e integrantes da equipe de enfermagem. A análise descritiva dos resultados indica que os participantes não consideram melhorias nos indicadores de identificação do paciente, bem como no ambiente de cuidado, o qual manteve-se desconfortável desde o período anterior à crise sanitária. Conclusão: Apesar das melhorias identificadas, a estrutura e processo para atendimento emergência as tentativas de suicídios ainda são limitadas, requerendo a estruturação de políticas públicas para a melhoria dos indicadores e da qualidade assistencial.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Externo ao Programa - 2073270 - FERNANDO JOSÉ GUEDES DA SILVA JÚNIOR
Presidente - 7422147 - LIDYA TOLSTENKO NOGUEIRA
Externo à Instituição - LUCIOLA GALVAO GONDIM CORREA FEITOSA - UNINOVAFAPI
Notícia cadastrada em: 19/09/2022 09:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 26/05/2024 01:59