Notícias

Banca de DEFESA: SONIA MARIA DE ARAÚJO CAMPELO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SONIA MARIA DE ARAÚJO CAMPELO
DATA: 28/02/2023
HORA: 15:00
LOCAL: Remotamente
TÍTULO: PROTAGONISMO DOS NÚCLEOS DE SEGURANÇA DO PACIENTE DURANTE O ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA DA COVID 19
PALAVRAS-CHAVES: Segurança do Paciente; COVID-19; Tríade Estrutura-Processos-Resultados
PÁGINAS: 120
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: Mundialmente a pandemia da COVID-19 equacionou nas ambiências dos sistemas de saúde mais fragilidades em relação à segurança em saúde. Nesse sentido, as atribuições do Núcleo de Segurança do Paciente ganham lentes de aumento, sobretudo quando se fala na gestão do contexto organizacional na saúde para enfrentamento dos desafios postos. De acordo com o referencial teórico de Donabedian, a avaliação da qualidade da assistência em saúde pode subsidiar a tomada de decisão em relação às práticas ou serviços de saúde, principalmente, em momentos de crises como uma pandemia. Objetivos: Analisar a atuação dos Núcleos de Segurança do Paciente no município de Teresina frente a pandemia da COVID-19 relacionadas às dimensões de estrutura, processos e resultados para a segurança do paciente nos serviços de saúde. Método: Estudo realizado em duas etapas: 1. Revisão integrativa da literatura; 2. Estudo qualitativo, fundamentado no modelo de avaliação da qualidade em saúde “estrutura-processo-resultado” de Donabedian, realizado com 20 profissionais do Núcleo de Segurança do Paciente de três hospitais e uma maternidade, por meio de um roteiro de entrevista semiestruturado, no período de março a maio de 2022. Os dados foram processados no software IRaMuTeQ e analisados pela Classificação Hierárquica Descendente. A comunicação dos resultados do estudo obedeceu às diretrizes para relatórios de pesquisa de natureza qualitativa COREQ. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa de acordo n° parecer: 5.254.160. Resultados: A revisão integrativa em cinco bases de dados recuperou 25 estudos sobre estratégias de segurança do paciente implementadas em ambiente hospitalar durante a pandemia da COVID-19. Com relação ao estudo qualitativo, foram apresentados em cinco classes semânticas, a saber: Classe 1 – Eventos Adversos Identificados pelo Núcleo de Segurança do Paciente durante a pandemia da COVID-19; Classe 2 – Complicações evidenciadas pelo Núcleo de Segurança do Paciente durante o enfrentamento da pandemia COVID-19; Classe 3 – Estratégias utilizadas pelo Núcleo de Segurança do Paciente durante a pandemia da COVID-19; Classe 4 – Processos de trabalho desenvolvido pelo Núcleo de Segurança do Paciente durante a pandemia da COVID-19; Classe 5 – Reestruturação do Núcleo de Segurança do Paciente durante o enfrentamento da COVID -19. À luz do referencial teórico, à princípio, os Núcleos de Segurança do Paciente não estavam estruturados para o enfrentamento da pandemia, então, eles foram se adaptando à medida que os eventos adversos foram surgindo, por meio de estratégias de segurança do paciente. Durante o curso da pandemia, o núcleo criou processos e gerenciou ações para garantir a segurança do paciente e, rapidamente, o serviço foi reestruturado para atender às demandas causadas pela pandemia. É importante destacar que esse modelo de avaliação da qualidade em saúde é cíclico e não, necessariamente, inicia com a estruturação do serviço, como podemos observar nesse estudo. Considerações finais: As estratégias de segurança do paciente foram a luz para condução de uma assistência de qualidade em meio à escuridão que a pandemia se apresentou. Os Núcleos tiveram que se adaptar muito rápido às demandas e sua atuação foi condizente com as necessidades e especificidades de cada cenário. No protagonismo desse serviço destacam-se a atuação do enfermeiro, as práticas assistências pioneiras para compor políticas públicas de segurança do paciente e, principalmente, as vidas salvas.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANA LÚCIA QUEIROZ BEZERRA - UFG
Interno - 3017215 - HERLA MARIA FURTADO JORGE
Interno - 1888794 - JOSE WICTO PEREIRA BORGES
Presidente - 1167658 - MARIA ELIETE BATISTA MOURA
Interno - 1551620 - MARIA ZELIA DE ARAUJO MADEIRA
Interno - 2279875 - ODINÉA MARIA AMORIM BATISTA
Externo à Instituição - RHANNA EMANUELA FONTENELE LIMA DE CARVALHO - UECE
Notícia cadastrada em: 16/02/2023 10:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 22/05/2024 05:40