Notícias

Banca de DEFESA: RUTIELLE FERREIRA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RUTIELLE FERREIRA SILVA
DATA: 21/08/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: PROTOCOLO CLÍNICO DE RASTREIO DA SARCOPENIA EM IDOSOS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: elaboração e avaliação
PALAVRAS-CHAVES: Sarcopenia; Idoso; Enfermagem Geriátrica; Atenção Primária à Saúde; Programas de Rastreio
PÁGINAS: 172
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: O envelhecimento promove diversas alterações fisiológicas que resultam em declínio gradual da massa e da força muscular, condição denominada de sarcopenia. Uma doença crônica que impacta de forma considerável sobre a morbimortalidade e a qualidade de vida da população idosa. Diante disso, torna-se primordial dispor de um protocolo para rastrear os idosos com maior risco de desenvolver a doença. Objetivo: Construir e avaliar a qualidade do protocolo clínico de enfermagem para rastrear a sarcopenia em idosos na atenção primária à saúde. Método: Trata-se de um estudo metodológico desenvolvido em duas etapas. Na primeira, foi realizada a construção do protocolo, utilizando-se as recomendações proposta pela da Gerência de Ensino e Pesquisa do Grupo Hospitalar Conceição. Para tal, foi realizado a elaboração de uma revisão sistemática e metanálise. Já a segunda etapa comtemplou a avaliação da qualidade do protocolo, por quatro experts em enfermagem gerontológica, utilizando o instrumento Appraisal of Guideline for Research & Evaluation II. Resultados: A revisão sistemática com metanálise foi construída com base na análise de 27 ensaios clínicos randomizado, evidenciando que a suplementação nutricional pode ser eficiente para aumentar a massa muscular e a prática de exercício físico poderá atuar positivamente na força muscular e no desempenho físico. O protocolo foi desenvolvido mediante um processo rigoroso de construção e avaliação da qualidade. Em todos os domínios do instrumento de avaliação da qualidade, o protocolo obteve pontuações condizentes com o desenvolvimento de uma diretriz de alta qualidade, alcançando 90,2% no domínio - Escopo e finalidade, 86,1%2 no domínio - Envolvimento das partes interessadas, 77,6% no domínio - Rigor do desenvolvimento, 100% no domínio - Clareza da apresentação, 86,4% no domínio – Aplicabilidade, e 100% no domínio - Independência editorial. Na avaliação global do protocolo, três especialistas atribuíram uma pontuação 6 e o outro o avaliou com 5 pontos. Todos os juízes afirmaram recomendar o uso do protocolo na prática clínica. Conclusão: O protocolo de rastreio da sarcopenia em idosos é um instrumento relevante para a prática clínica da enfermagem, configurando-se como uma ferramenta de alto impacto para identificar precocemente o risco e a evidência de sarcopenia, com a finalidade de preservar a autonomia e independência da pessoa idosa, de modo que possa envelhecer na ausência de quedas e com QV.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2334938 - ANA MARIA RIBEIRO DOS SANTOS
Interno - 1552848 - ANA ROBERTA VILAROUCA DA SILVA
Externo à Instituição - JOSE VICENTE CARMONA SIMARRO - CEU
Interno - 1888794 - JOSE WICTO PEREIRA BORGES
Presidente - 423632 - MARIA DO LIVRAMENTO FORTES FIGUEIREDO
Externo à Instituição - MONICA OLIVEIRA BATISTA ORIÁ - UFC
Externo ao Programa - 1227763 - REJANE CORRÊA MARQUES
Notícia cadastrada em: 11/08/2023 14:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 23/05/2024 07:27