Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ESTEFFANY VAZ PIEROT

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ESTEFFANY VAZ PIEROT
DATA: 29/09/2023
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: CONHECIMENTO DOS ENFERMEIROS SOBRE A PREVENÇÃO LESÕES POR PRESSÃO NAS UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA
PALAVRAS-CHAVES: Conhecimento; Lesão por Pressão; Segurança do Paciente. Profissionais de Enfermagem; Enfermeiras e Enfermeiros; Enfermagem
PÁGINAS: 81
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: Lesões por pressão são um problema de saúde frequente e sua prevalência em ambientes de saúde é um fator preocupante em especial os profissionais de enfermagem que permanecem a maior parte do tempo em cuidados assistenciais diretos aos pacientes. A terapia intensiva é um local onde se encontram pacientes críticos, tornando esta clientela suscetível ao surgimento de lesões por pressão. Objetivo: Analisar o conhecimento dos enfermeiros sobre a prevenção de lesão por pressão na unidade de terapia intensiva. Método: Trata-se de um estudo de delineamento transversal com abordagem quantitativa. O cenário de investigação foi em unidades de terapia intensiva adultas de três hospitais públicos do Estado do Piauí. Cada hospital de pesquisa pertencente a uma esfera de governo (Federal, Estadual e Municipal). Estes locais de coleta foram escolhidos por serem hospitais de referência no Estado do Piauí e por estarem em diferentes esferas de governo. A população foi composta por 67 profissionais de enfermagem que atuam na assistência a pacientes internados na unidade de terapia intensiva dos hospitais de pesquisa no mês de julho de 2023 por meio do instrumento Teste de Conhecimento sobre Lesão por Pressão de Caliri-Pieper. Os dados foram digitados com dupla entrada no programa Microsoft Excel, validados e depois transportados para o programa Statistical Package for Social Science (SPSS) versão 22.0, visando a análise estatística, com base nos princípios descritivos e inferenciais. O nível de significância adotado foi de 5% (p<0,05). A pesquisa obteve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da Universidade Federal do Piauí via Plataforma Brasil, sob aprovação do parecer número: 6.159.459, CAAE: 68753123.6.0000.5214. Resultados: Foram evidenciados os seguintes resultados: a maior porcentagem de profissionais trabalhava na unidade de terapia intensiva B com 46,3% (31), a prevalência da faixa etária entre 31 a 35 anos e mais de 40 anos; predominância entre 5 e 10 anos de prática preponderando especialização como maior grau de formação, em sua maioria estudaram em Instituições de Ensino Superior Pública. Os enfermeiros apresentaram, com maior frequência, índices de acerto de 90% nas questões (2, 7, 8, 10, 12, 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27,28,29,30,32,37,39,40,41), totalizando 20 itens. Conclusão: o conhecimento dos profissionais de enfermagem mostrou-se insuficiente, evidenciando a necessidade de capacitação e treinamento sobre a classificação e prevenção de lesão por pressão em pacientes internados em unidades de terapia intensiva. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1350197 - FERNANDA VALERIA SILVA DANTAS AVELINO
Interno - 1842466 - FRANCISCO GILBERTO FERNANDES PEREIRA
Interno - 1888794 - JOSE WICTO PEREIRA BORGES
Externo à Instituição - RHANNA EMANUELA FONTENELE LIMA DE CARVALHO - UECE
Notícia cadastrada em: 04/09/2023 14:32
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 22/05/2024 04:36