Notícias

Banca de DEFESA: NERIS VIOLETA GONZÁLEZ PÉREZ

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NERIS VIOLETA GONZÁLEZ PÉREZ
DATA: 28/10/2023
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO PARA A PANDEMIA COVID-19 NO URUGUAI
PALAVRAS-CHAVES: Covid-19. Enfrentamento. Estratégias
PÁGINAS: 140
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução: A pandemia produzida pelo vírus SARS-CoV-2 caracterizada por uma síndrome respiratória aguda grave e causadora da doença chamada Covid-19, começou em dezembro de 2019, na China, na cidade de Wuhan. Rapidamente se espalhou pelo mundo com transmissão comunitária sustentada e exponencial, até ser declarada pandemia em março de 2020 pela Organização Mundial da Saúde e Emergência Nacional de Saúde no Uruguai em 13 de março de 2020. Objetivos: Identificar estratégias, políticas, normas sanitárias e científicas de enfrentamento da pandemia de Covid-19 no Uruguai, desde que a Emergência Nacional de Saúde foi decretada em 13 de março de 2020 até o 10 de abril de 2021; refletir sobre a implementação das diretrizes estratégicas de combate à Covid-19 nas dimensões técnica, política e sanitária durante a Emergência em Saúde. Método: Estudo documental, qualitativo, descritivo e transversal. Os passos seguidos foram; Seleção da comunicação a ser estudada; seleção de categorias, subcategorias e unidade de análise; recolha de dados; processamento e análise. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética da Universidade da República do Uruguai-CENUR pelo Exp:311170-000102-22. Resultados: As estratégias políticas foram identificadas e incluídas no estudo de acordo com os critérios de inclusão; para a categoria estratégias políticas; Decretos 1, Resoluções 1 e 11 Setores para os quais são definidas múltiplas medidas; para a categoria Estratégias Normativas; Ordenanças 24, Resoluções 9 e 2 decretos e para a categoria estratégias científicas 23 Recomendações. No processo da pandemia no Uruguai, reconhece-se a existência de mais de uma racionalidade nas estratégias de interpretação da realidade, mas com pontos coincidentes e complementares, com um processo de diagnóstico e respostas de ação. As estratégias desenvolvidas pelos cientistas agrupados no Grupo Assessor Cientifico Honorário foram a busca exaustiva e rigorosa de conhecimento nacional e internacional e a entrega de evidências científicas ao governo do Uruguai durante o processo de Emergência Nacional de Saúde para orientar a tomada de decisões políticas para combater a epidemia de Covid-19. As estratégias de regulação sanitária desenvolvidas pelo Ministério da Saúde Pública foram apresentadas por meio da elaboração de um quadro de normas legais específicas de ação para o controle do plano geral de atenção e recuperação à saúde da população nas esferas pública e privada no contexto da pandemia de Covid-19. As estratégias de políticas públicas desenvolvidas pelo governo durante a Emergência Sanitária Nacional significaram um processo decisório moldado por situações internas e externas que foram tomadas no curso de um processo temporário. Conclusões: As políticas de atenção à saúde no Uruguai, no cenário da Covid-19, foram aplicadas por meio de normas legais do Estado, gestão de recursos financeiros e persuasão à população. Na busca de relações entre categorias estratégicas, políticas, regulação sanitária e científica, encontra-se a abordagem de temas semelhantes, a proximidade temática e o tratamento simultâneo que potencializaram o processo de implementação de políticas e normas no país.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2792239 - ANDREIA RODRIGUES MOURA DA COSTA VALLE
Externo à Instituição - ARACELY DÍAZ OVIEDO - UASLP
Interno - 1581960 - DANIELA REIS JOAQUIM DE FREITAS
Externo à Instituição - FLOR MARLENE LUNA VICTORIA MORI - UNITRU
Presidente - 1167658 - MARIA ELIETE BATISTA MOURA
Interno - 2279875 - ODINÉA MARIA AMORIM BATISTA
Interno - 1167764 - TELMA MARIA EVANGELISTA DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 18/10/2023 17:15
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 28/05/2024 01:17