Notícias

Banca de DEFESA: MARIANA DE FATIMA BARBOSA DE ALENCAR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA DE FATIMA BARBOSA DE ALENCAR
DATA: 20/12/2023
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório PPGEnf
TÍTULO: ADAPTAÇÃO TRANSCULTURAL E EVIDÊNCIAS DE VALIDADE DE CONTEÚDO DO “NCDR CATHPCI RISK SCORE” NO BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: Fatores de Risco de Doenças Cardíacas; Angioplastia; Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos; Medição de Risco; Enfermagem
PÁGINAS: 93
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Introdução : No Brasil, o Infarto Agudo do Miocárdio é a principal causa de morte entre as doenças cardíacas. Nesta perspectiva, a aplicação de instrumentos validados para a predição de risco serve para orientar e facilitar o diagnóstico de IAM em serviços de urgências cardiológicas. O NCDR CathpPCI Risk Score apresenta um modelo unificado de estimativa de risco, atual e de possível aplicação a beira leito do paciente para todos os casos de Intervenção coronária percutânea. Objetivo: Realizar tradução com adaptação transcultural e validação do conteúdo para o Brasil do NCDR CathPCI Risk Scor).Método: Trata-se de uma pesquisa metodológica com abordagem quantitativa que visa traduzir, adaptar para o português brasileiro e validar o conteúdo do Escore de Risco de Mortalidade no pré-operatório de pacientes submetidos a intervenção coronária percutânea (NCDR CathPCI Risk Score).As etapas para adaptação transcultural: tradução do instrumento, síntese das versões, retro-tradução, revisão da síntese por experts, pré-teste e versão final. Após a adaptação transcultural o instrumento foi submetido a validação do conteúdo com um comitê de especialistas. aprovado pelo CEP/ UFPI (Parecer 5.890.981). Resultados: Produziu-se uma versão final culturalmente adequada ao contexto brasileiro para que possa ser validada e utilizada no Brasil. Na tradução inicial o instrumento “NCDR Cath PCI Risck Score” foi traduzido da língua inglesa para a língua portuguesa falada no Brasil; os tradutores elaboraram consensualmente uma versão de síntese das traduções (T12) em língua portuguesa. A T12 foi enviada para retrotradução para dois outros tradutores, um americano e outro inglês. O pré-teste foi conduzido com um grupo de 30 especialistas. Desses, seis (6) eram médicos e vinte e quatro (24) enfermeiros, dos estados: Piauí, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Brasília, Goiás e Paraná. A partir das sugestões realizadas pela população alvo, realizou-se modificação nos itens 8; 9; 9,1; 10 e 10.1.Com a conclusão do Pré-teste chegou-se a uma versão final adaptada do escore e deu seguimento com validação de conteúdo. Todos os critérios dos escores de Índice de Validade de Conteúdo (IVC) tiveram média acima de 0,90. Conclusão: A partir de todo o processo de etapas, conclui-se que pode-se considerar o escore adaptado e adequado ao contexto nacional. Manteve as equivalências semânticas, idiomáticas, conceituais e experienciais em relação a versão original. A versão brasileira apresentou valores satisfatórios de indice de validade de conteúdo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2279875 - ODINÉA MARIA AMORIM BATISTA
Interno - 1167658 - MARIA ELIETE BATISTA MOURA
Interno - 1551620 - MARIA ZELIA DE ARAUJO MADEIRA
Externo à Instituição - ÁLVARO FRANCISCO LOPES DE SOUSA - IHMT
Notícia cadastrada em: 19/12/2023 08:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 23/05/2024 07:14