Notícias

Banca de DEFESA: ANA KARINE DA COSTA MONTEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANA KARINE DA COSTA MONTEIRO
DATA: 24/02/2015
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório do PPGEnf
TÍTULO:

IMPACTO DA EDUCAÇÃO PERMANENTE ONLINE NO CONHECIMENTO DE ENFERMEIROS SOBRE ESTOMAS INTESTINAIS DE ELIMINAÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Estomia. Educação a Distância. Capacitação em serviço. Estudos de validação. Enfermagem.


PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Enfermagem
RESUMO:

Enfermeiros após a formação, necessitam ser capacitados permanentemente sobre estomas para prestar assistência segura e de qualidade aos clientes que necessitam desse tipo de intervenção cirúrgica. Este estudo teve por objetivo verificar o impacto da Educação permanente online no conhecimento de enfermeiros sobre estomas intestinais de eliminação. Estudo realizado em duas etapas, uma metodológica e outra quase-experimental, do tipo grupo único, antes e depois, em três hospitais de grande porte do estado do Piauí, no período de agosto, setembro e outubro de 2014, após aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa. A primeira etapa envolveu a elaboração de um Teste de conhecimento sobre estomas intestinais de eliminação, por meio de revisão de literatura e Diretrizes internacionais para o cuidado e tratamento de pessoas estomizadas e a validação de aparência e conteúdo do Teste por oito juízes. Foram considerados validados os itens que obtiverem índice de validade de conteúdo (IVC) maior ou igual a 80% e Coeficiente Kappa de Fleiss maior ou igual a 70%. Quanto ao conteúdo, o IVC global do Teste foi de 94%, sendo que 27 itens obtiveram IVC de 100% e 14 itens de 86% e apenas dois itens obtiveram IVC menor que 80% e por isso foram excluídos. Quanto a aparência, a maioria dos itens obteve coeficiente Kappa de Fleiss menor do que 70% na primeira rodada, sendo necessária uma segunda rodada em que o coeficiente Kappa de Fleiss obteve resultado perfeito (1,00). A versão final do Teste comtemplou 39 itens, que foram distribuídos em sete domínios e o conhecimento foi considerado adequado quando se obteve nos itens do Teste percentual de acerto maior ou igual a 80%. O Teste elaborado e validado pode ser aplicado com enfermeiros e estudantes de Enfermagem. No entanto, constantemente deve ser aprimorado, aperfeiçoado, de modo a agregar a evidências para a prática clínica. Na segunda etapa, foi avaliado o conhecimento dos enfermeiros sobre estomas intestinais de eliminação antes e após Educação permanente online. Fizeram parte dessa etapa 111 enfermeiros. Destes, 54% evadiram-se, tendo como principal motivo a falta de tempo (74,1%). Participaram efetivamente da Educação permanente online, 51 enfermeiros. Para a coleta de dados foram utilizados três instrumentos: caracterização sociodemográfica, formação e experiência profissional, uso do computador e da Internet, Teste de conhecimento sobre estomas intestinais de eliminação e identificação das causas de evasão da Educação permanente online. Entre os 51 enfermeiros que participaram da Educação permanente online a média de acertos no Teste de conhecimento no pré-teste e pós-teste foi 25,5 (dp=4,2) e 31,5 (dp=3), respectivamente. Essa diferença de médias foi estatisticamente significante (p=0,000). A efetividade da Educação permanente online pode ser justificada pela flexibilidade da aprendizagem adaptada conforme as necessidades dos enfermeiros e acessibilidade em qualquer tempo e espaço. Essa forma de Educação permanente tem sido vista como viável e adequada para as condições de trabalho da maioria dos enfermeiros. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1792859 - ELAINE MARIA LEITE RANGEL ANDRADE
Externo à Instituição - ISABEL AMÉLIA COSTA MENDES - URP
Interno - 2335983 - MARCIA TELES DE OLIVEIRA GOUVEIA
Interno - 6422249 - MARIA HELENA BARROS ARAUJO LUZ
Notícia cadastrada em: 04/02/2015 17:02
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 02/10/2022 23:23