Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: DEYNA FRANCELIA ANDRADE PROSPERO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DEYNA FRANCELIA ANDRADE PROSPERO
DATA: 21/03/2016
HORA: 08:30
LOCAL: Núcleo de Pesquisas em Plantas Medicinais
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ANTINOCICEPTIVO DO ISOPULEGOL NA HIPERNOCICEPÇÃO INFLAMATÓRIA AGUDA


PALAVRAS-CHAVES:

Isopulegol. Monoterpeno. Antinociceptiva. Anti-inflamatória


PÁGINAS: 97
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
SUBÁREA: Farmacologia Geral
RESUMO:

O isopulegol (ISO) (p-Menth-8-en-3-ol) é um álcool monoterpeno, presente em óleos essenciais de várias plantas aromáticas. O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito antinociceptivo do ISO na nocicepção aguda e hipernocicepção inflamatória em roedores, bem como os possíveis mecanismos de ação envolvidos nos efeitos observados. Camundongos Swiss machos e fêmeas (20-35 g, n = 5-8) e ratos Wistar fêmeas (180-250 g, n = 5-8) foram utilizados nos testes sob autorização do Comitê de Ética Animal (CEEA/UFPI Nº 82/2014). Na investigação da nocicepção aguda, o ISO, por via oral, mostrou efeito antinociceptivo nos testes de formalina nas doses de 0,78 a 25 mg/kg na primeira fase e 1,56 a 25 mg/kg na segunda fase do teste; de capsaicina nas doses de 1,56 a 12,5 mg/kg e glutamato nas doses de 3,12 a 6,25 mg/kg, dependente da dose. A antinocicepção do isopulegol foi inibida na presença de naloxona (2 mg/kg, i.p.), glibenclamida (3 mg/kg, i.p.), e L-arginina (600 mg/kg, i.p.), sugerindo o envolvimento dos sistemas opióide via canais de K+ATP e inibição de óxido nítrico. Estudos anteriores mostraram que nos testes de rota rod e campo aberto, o ISO nas doses 25 e 50 mg/kg, v.o. não apresentou atividade relaxante muscular ou efeito depressor central. Na dor inflamatória, o ISO (12,5 mg/kg, v.o.) inibiu a formação de edema induzido por carragenina da 1ª a 6ª horas, e atenuou o edema de pata induzido por dextrana comparado ao controle. O ISO (3,12; 6,25 e 12,5 mg/kg, v.o.) reduziu a hipersensibilidade em modelos de hipernocicepção aguda induzida por carragenina a 1%, quando avaliado no teste de Randall-Selitto. O ISO também possui ação anti-hiperalgésica quando administrado por via intraplantar (40 e 80μg/pata) na hiperalgesia induzida por carragenina e prostaglandina E2 (1 µg/mL). Na avaliação da migração leucocitária induzida por carragenina em bolsa de ar, o ISO (6,25 e 12,5 mg/kg, v.o.) reduziu significativamente (***<0,001) a migração de leucócitos para o local da injúria. Os resultados sugerem que as ações anti-inflamatória e antihiperalgésica do ISO estejam relacionadas com a inibição da produção ou liberação de mediadores pró-inflamatórios e da migração de leucócitos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167629 - FERNANDA REGINA DE CASTRO ALMEIDA
Interno - 2246074 - FRANCISCO DE ASSIS OLIVEIRA
Externo ao Programa - 3302639 - LUCIANO DA SILVA LOPES
Notícia cadastrada em: 14/03/2016 09:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 15/04/2024 21:14