Notícias

Banca de DEFESA: EDMÉRCIA HOLANDA MOURA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDMÉRCIA HOLANDA MOURA
DATA: 23/10/2020
HORA: 15:00
LOCAL: link
TÍTULO: Tentativas de Suicídio Atendidas por um Serviço Móvel de Urgência
PALAVRAS-CHAVES: Tentativa de Suicídio. Saúde da Mulher. Atendimento Pré-hospitalar. Estudos transversais.
PÁGINAS: 103
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

Introdução: A tentativa de suicídio é uma conduta suicida não fatal e representa o momento em que a pessoa realiza uma ação capaz de ameaçar a própria vida. Objetivo: Analisar as características das tentativas de suicídio atendidas por um serviço móvel de urgência de Teresina-PI. Métodos: Estudo transversal analítico, realizado na sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), na cidade de Teresina-PI. Foram revisados 838 registros de atendimento por tentativas de suicídio, realizados no período de julho/2015 a dezembro/2018. Os dados foram obtidos no Sistema de Atendimento e Gestão de Ocorrências. Utilizou-se formulário padronizado para coleta dos dados que foram analisados no Stata versão 12, por meio de estatística descritiva e do teste Qui-quadrado de Pearson (x²) ou teste exato de Fisher. Odds ratio (OR) e intervalos de confiança de 95% (IC95%) foram calculados utilizando regressão logística. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí. Resultados: A tentativa de suicídio foi predominante no sexo feminino (60,9%), nas pessoas com idade de 30 a 59 anos (46,8%), residentes na Região Centro/Norte (35,9%) e Sul (27,9%). A maioria das tentativas aconteceu nos dias de sábado (15,9%) e domingo (16,5%), durante os turnos tarde (32,9%) e noite (34,9%). Identificaram-se reincidências de tentativas (9,2%); histórico de atendimento psiquiátrico (14,1%); uso abusivo de álcool (17,5%) e outras drogas (4,6%). A incidência média de tentativas de suicídio foi de 29,2/100 mil habitantes. Os mecanismos mais utilizados foram intoxicação por medicamentos (51,4%), enforcamento (11,6%), intoxicação com pesticidas/veneno (9,4%) e objeto perfurocortante (9,4%). O encaminhamento para unidades de média complexidade foi predominante entre mulheres (55,4%). O percentual de óbito no local do atendimento foi de 3,6%, variando de 2,2% entre mulheres a 5,8% entre os homens. Houve diferença estatisticamente significativa (p<0,001) para o tipo de ambulância e a unidade de destino dos usuários. O transporte em ambulâncias avançadas e a transferência para unidades de alta complexidade foram mais frequentes entre os atendimentos de vítimas do sexo masculino. O tempo médio de resposta (da chamada à chegada ao local de ocorrência) foi menor nos atendimentos às vítimas do sexo masculino (média=34,5 min.; p=0,020), quando se utilizou ambulâncias avançadas (média=29,7 min.; p<0,001) e quando os chamados foram feitos nas zonas Sudeste (média=29,2 min.; p<0,001) e Sul (média=30,8 min.; p<0,001). Idade menor que 20 anos (OR=2,14; IC95% 1,02-4,49), autolesões por meio de medicamentos (OR=14,07; IC95% 1,63-121,73) e outras substâncias tóxicas (OR=30,00; IC95% 2,54-354,87), foram associadas à tentativa de suicídio no sexo feminino. Conclusão: Os atendimentos por tentativa de suicídio predominaram entre mulheres jovens e residentes na região Centro/Norte. Autolesão por intoxicação medicamentosa e outras substâncias tóxicas foram associadas ao sexo feminino. Além de prestar o atendimento de emergência, é fundamental a capacitação dos profissionais na assistência pré-hospitalar e Atenção Primaria à Saúde, para a identificação precoce de pessoas com comportamento suicida e promoção do adequado acompanhamento em serviços de atenção psicossocial.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3367697 - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS
Interno - 1549654 - MALVINA THAIS PACHECO RODRIGUES
Interno - 1167577 - LIS CARDOSO MARINHO MEDEIROS
Externo à Instituição - THATIANA ARAUJO MARANHAO - UESPI
Notícia cadastrada em: 15/10/2020 18:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 28/07/2021 19:41