News

Banca de DEFESA: CLEONICE CARVALHO SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CLEONICE CARVALHO SILVA
DATA: 25/08/2015
HORA: 15:30
LOCAL: Sala de Video 2 - CCHL
TÍTULO:

 Representação Social do Trabalho de Catação de Material Reciclável

dos Catadores e Catadoras do Lixão de Furna da Onça, Esperantina(PI)


PALAVRAS-CHAVES:

 Lixo. Material reciclável. Trabalho. Catação. Representação social.


PÁGINAS: 170
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
RESUMO:

O tratamento adequado ao lixo e a reciclagem integram um conjunto de temas que fazem parte da agenda contemporânea de debates sobre o desenvolvimento sustentável, especialmente após o início dos anos de 1980, evidenciando uma preocupação global e imediata sobre a temática ambiental. Neste contexto,  encontram-se os catadores e catadoras de material reciclável, que através do seu trabalho cotidiano transformam o lixo, considerado inútil para a sociedade, em algo com valor de uso e de troca. São pessoas que encontram através do seu trabalho a alternativa para sua sobrevivência. Com o interesse de compreender o modo de vida desses catadores e catadoras, ou seja, a representação social que fazem do trabalho diário com o lixo, esta pesquisa tem como objetivo principal analisar a representação social do trabalho de catação de material reciclável compartilhada pelos catadores e catadoras de Furna da Onça em Esperantina(PI). A investigação que é de cunho qualitativo se insere no contexto da vida laboral dos catadores e catadoras de material reciclável, visando revelar a representação social desses sujeitos. O suporte teórico está apoiado nos fundamentos da Teoria das Representações Sociais de Serge Moscovici(2011; 2012; 2013) e os procedimentos metodológicos utilizados foram: pesquisa bibliográfica, observação direta, questionário socioeconômico, Teste de Associação Livre de Palavras (TALP) e entrevista semiestruturada aplicados aos 15 (quinze)  catadores e catadoras do lixão de Furna da Onça em Esperantina(PI) e, ainda, uma entrevista ao administrador da empresa que coleta o lixo da cidade.  O questionário socioeconômico recebeu tratamento estatístico e o TALP foi analisado através da técnica de análise categorial de conteúdo, segundo o critério semântico proposto por Bardin (2011). As entrevistas foram gravadas e transcritas e seus conteúdos tratados, utilizando-se o software de análise de dados qualitativos NVivo 10. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Piauí (UFPI) sob o parecer nº 993.549, CAAE 37423114.2.0000.5214. Como parte da metodologia, a primeira etapa da pesquisa constituiu-se de um pré-teste realizado com 14 (quatorze) sujeitos, catadores e catadoras de material reciclável, trabalhadores informais do Aterro de Teresina(PI). A representação social do trabalho dos catadores e catadoras do lixão de Furna da Onça em Esperantina(PI) demonstraram valorização do trabalho ao atribuírem aos significados do trabalho "satisfação", mas também "necessidade". Manifestaram-se uma dualidade de inclusão/exclusão, sentindo-se incluídos quando se percebem como trabalhadores e excluídos quando lembram que são esquecidos pelo poder público. Outra representação trata da importância do trabalho através do "gosto pelo trabalho" e "alegria" em realizar essa atividade laboral. O trabalho com o material reciclável não possui uma única representação para os catadores e catadoras pesquisados, existindo representações de aspectos positivos e negativos para esta atividade.  


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1167728 - CARLOS SAIT PEREIRA DE ANDRADE
Externo ao Programa - 1291400 - DENIS BARROS DE CARVALHO
Interno - 1087152 - JOSELIA SARAIVA E SILVA
Notícia cadastrada em: 23/07/2015 11:41
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 30/09/2022 10:32