News

Banca de DEFESA: FRANCISCO PEREIRA DA SILVA FILHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FRANCISCO PEREIRA DA SILVA FILHO
DATA: 26/04/2016
HORA: 08:30
LOCAL: SALA VIDEO I
TÍTULO:

Espaço Urbano e Sustenatabilidade: A gestão dos resíduos sólidos na cidade de Parnaiba PI


PALAVRAS-CHAVES:

 Sociedade. Cidade. Gestão Pública. Políticas Públicas. Meio Ambiente.


PÁGINAS: 167
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia Urbana
RESUMO:

A gestão pública e a sociedade tem um papel importante na sustentabilidade ambiental dos espaços públicos urbanos e, neste contexto, o estudo dos resíduos sólidos urbanos é um tema indiscutivelmente importante quando analisamos a gestão e o planejamento territorial nos centros urbanos. A partir deste pensamento, o tema “resíduos sólidos urbanos e a cidade de Parnaíba” foi escolhido como objeto de estudo, levando-se em consideração a conexão entre espaço geográfico, meio ambiente, sociedade e gestão, que são indispensáveis para o gerenciamento urbano. As políticas públicas e a sensibilização da sociedade, quando realizadas de formas conjuntas promovem a sustentabilidade ambiental. Por esta razão, a pesquisa, cujo objetivo geral foi analisar a relação sociedade-natureza por meio da gestão dos resíduos sólidos urbanos na cidade de Parnaíba, teve também como objetivos específicos: identificar as políticas públicas direcionadas à gestão dos resíduos sólidos na cidade; avaliar a gestão dos resíduos urbanos executada pelo poder público; verificar o papel da sociedade civil e sua contribuição na sustentabilidade dos resíduos sólidos urbanos, e; conhecer a opinião da sociedade civil a respeito do armazenamento, coleta e destino final dos resíduos sólidos na cidade. A metodologia utilizada foi de cunho exploratório, descritivo, documental, bibliográfico e de campo. A técnica empregada para alcançar os objetivos e obter os resultados foi a aplicação de questionários do tipo semiestruturado e de roteiros de entrevistas com a população e gestores locais. Concomitantemente, foram feitos registros fotográficos e anotações da investigação in loco. Como resultados, a pesquisa revelou que a cidade de Parnaíba apresenta problemas estruturais que limitam o manejo adequado dos resíduos sólidos, como, por exemplo, um local adequado para deposição final do lixo. Foi identificado também que a gestão pública vem trabalhando de forma ineficiente para a resolução de problemas relacionados aos resíduos, pois, apesar de ocorrer diálogos entre as secretarias para providenciar ações, eles não são suficientes para combater as dificuldades apresentadas. Outro ponto que chamou atenção foi a falta de estrutura mínima nos bairros da cidade que acomodasse corretamente os resíduos produzidos no cotidiano. Do mesmo modo, foi identificado que a população local não colabora, de certo forma, com a sustentabilidade ambiental do espaço urbano, pois descarta resíduos em diversos pontos da cidade, principalmente nas ruas e terrenos baldios, fato que pôde ser verificado através das imagens registradas, apesar de negado pela maioria dos entrevistados. Foi verificado também que a maior parte dos sujeitos da pesquisa considera que o lixo tratado adequadamente é um fator importante para a qualidade de vida da sociedade e que, ao mesmo tempo, promove uma melhor gestão pública dos resíduos sólidos e, consequentemente, do território. Assim, devido a estes fatores, pode-se entender que as funcionalidades da gestão do lixo na cidade de Parnaíba ainda encontra-se num certo grau de dificuldades. Por sua vez, pode-se apreender que o comportamento da sociedade unido às políticas públicas pode contribuir para que este espaço urbano alcance sua sustentabilidade ambiental, principalmente no que diz respeito ao gerenciamento adequado dos resíduos sólidos urbanos.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2440142 - BARTIRA ARAUJO DA SILVA VIANA
Interno - 6422093 - IRACILDE MARIA DE MOURA FE LIMA
Presidente - 1167476 - JOSE LUIS LOPES ARAUJO
Externo ao Programa - 276280 - MARCOS ANTONIO DE CASTRO MARQUES TEIXEIRA
Notícia cadastrada em: 11/04/2016 09:46
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/09/2022 02:25