News

Banca de QUALIFICAÇÃO: GRACIELLY PORTELA DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GRACIELLY PORTELA DA SILVA
DATA: 25/05/2016
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de Vídeo I
TÍTULO:

EXPANSÃO RECENTE DO ESPAÇO URBANO DE TERESINA (PI): UMA ANÁLISE DO SETOR HABITACIONAL 


PALAVRAS-CHAVES:

Estrutura interna da cidade. Crescimento urbano. Política habitacional. Teresina, Piauí. 


PÁGINAS: 123
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia Urbana
RESUMO:

A geografia urbana é uma disciplina consolidada na ciência geográfica, e dentre os temas de pesquisas destacam-se o estudo da estrutura interna e dos processos de expansão das cidades.  No Brasil, esses estudos tiveram início nas primeiras décadas do século XX, quando da introdução da Geografia moderna no país. Nesse sentido, o objetivo da presente pesquisa foi analisar a evolução urbana recente da cidade de Teresina, enfatizando o papel das organizações públicas e privadas, relacionadas com o setor habitacional no período entre 1990 a 2015. Em termos metodológicos a pesquisa compreende: a) revisão da Geografia urbana, tendo em vista identificar as principais abordagens e contribuições para o estudo da organização interna e da expansão urbana das cidades, e o treinamento para utilização do software Arcgis (versão 9.3); b) identificação e caracterização das principais organizações atuantes no setor habitacional na cidade de Teresina; c) levantamento dos indicadores da produção habitacional, usando informações do Censo Demográfico e dados obtidos diretamente nas próprias organizações; d) análise da expansão recente de Teresina, destacando a função habitacional, com uso dos indicadores levantados e manuseio do software Arcgis 9.3, considerando a divisão da cidade em bairros.  Os resultados preliminares alcançados permitiram a reprodução de uma modelo digital da cidade, considerando a divisão e distribuição da produção habitacional das diversas organizações por bairros. Além da produção de mapas mostrando a expansão da mancha urbana e distribuição do número de habitacionais por bairros, no período considerado. Concluiu-se, que a cidade de Teresina apresentou um efetivo populacional urbano crescente no período analisado, no entanto, evidenciou um ritmo de crescimento que arrefeceu entre os anos de 2000 a 2010. Quanto à expansão da cidade, a pesquisa revelou uma expansão horizontal que tendeu em avançar em direção aos bairros nos sentidos Norte e Sul, principalmente, e de forma secundária para Leste e Sudeste. Em relação à produção habitacional na cidade, a pesquisa indicou que entre os anos de 1990 a 2000 o aumento do número de habitações foi apenas 2.200 unidades habitacionais, enquanto que entre os anos de 2000 a 2010, o aumento foi de 77.389 unidades. Essa ampliação da produção habitacional sinalizou uma tendência do aumento da densidade habitacional em certos bairros da cidade de Teresina, como por exemplo, Mocambinho, Itararé, Angelim e Esplanada.  


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423656 - FRANCISCO DE ASSIS VELOSO FILHO
Interno - 423676 - ANTONIO CARDOSO FACANHA
Interno - 1300002 - GUSTAVO SOUZA VALLADARES
Externo ao Programa - 2167352 - TERESINHA DE JESUS MESQUITA QUEIROZ
Notícia cadastrada em: 04/05/2016 09:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 08:22