News

Banca de DEFESA: NATANIEL DE OLIVEIRA MONTEIRO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NATANIEL DE OLIVEIRA MONTEIRO
DATA: 29/06/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de video I
TÍTULO:

GEOMORFOLOGIA E  COBERTURA VEGETAL DA FOLHA BREJO SA 23 Z-D-V,  ESTADO DO PIAUÍ


PALAVRAS-CHAVES:

Ambiente Físico. Imagens de Satélite. Modelo Digital de Elevação. NDVI. Relevo


PÁGINAS: 72
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
RESUMO:

O presente trabalho tem como objetivo caracterizar o meio físico, com maior ênfase para o relevo, da Folha DSG SA 23 Z-D-V, na região que compreende o estado do Piauí, como também realizar a análise da cobertura vegetal da mesma área, com auxílio das imagens de satélite, por meio da técnica do NDVI.  Foram utilizadas imagens retificadas do satélite Landsat 8/OLI, órbita/ponto 219/63, com data em 17 de setembro de 2013. Através  de dados numéricos de altimetria deu-se origem ao Modelo Digital de Elevação (MDE-SRTM). A partir do MDE, foi gerado o mapa de relevo, hipsometria, e declividade. As formas do relevo encontradas na área de estudo foram: Agrupamento de mesas, Depósitos coluviais e lacustres, Tabuleiros costeiros, Terraços e planícies fluviolacustres, Vales associados aos tabuleiros, e Vales associados as mesas. Os Agrupamentos de Mesas ocupam uma área de 226,33 km² (19,11%) , apresentando altitudes entre 60 à 120m e declividade variando entre 13 à 45%, com 71% da feição sob a Formação Poti. Os Depósitos Coluviais e Lacrustres apresentam uma área de 358,94 km², correspondendo a 30,30% da área de estudo, com altitudes entre 20 à 60 m e declividade de até 13% em algumas áreas da borda das mesas, possuindo 79% da feição sob a Formação Poti. Os Tabuleiros Costeiros possui 91% da feição sob o Grupo Barreiras, ocupando 405,61 km², representando 34,24% da área de estudo, apresentando altitudes variando entre 80 à 140m e declividade de até 8%. Os Terraços e Planícies Fluviolacustres ocupam uma área de 110,99 km², o que representa 9,37% da área de estudo, com altitudes variando entre 4 à 40m e declividade de até 8%, sendo que a feição apresenta 60% de sua área sob os Depósitos Aluvionares. Os Vales associados aos Tabuleiros ocupam uma área de 73,01 km², representando 6,16% da área de estudo, apresentando de 50 à 100m de altitude e declividade até 8%, com 76% da área da feição sob o Grupo Barreiras. Os vales associados às Mesas apresentam 71% de sua área sob a Formação Poti, e ocupa 9,60 km², o que representa 0,81% da área de estudo, com altitutes entre 50 à 80m e declividade variando entre 3 à 13%. Para a análise da cobertura vegetal da área de estudo foi gerado o índice de vegetação NDVI, que resultou nos intervalos: < 0; 0-0,1; 0,1-0,2; 0,2-0,3; 0,3-0,4; 0,4-0,5 >; onde posteriormente foram reclassificados em classes, que representam respectivamente: água, contato água/solo, solo exposto, vegetação rala/solo exposto, floresta/vegetação alterada e floresta densa. Por fim, cruzando as informaçoes do mapa de cobertura vegetal com o mapa das formas do relevo, tem-se os resultados. A classe “Água” predomina em sua maior parte nos Terraços e Planícies Fluviolacustres, com 11,82 km², representando 10,65% de área. A classe Águas rasas, contato água/solo está sob maior parte sob os Terraços e Planícies Fluviolacustres, com 1,67km², representando 1,51% da área. A classe Solo Exposto apresenta sua maior parte nos Depósitos Coluviais e Lacustres, com 25,55 km², o que ocupa 7,12% da área. A classe Vegetação rala/solo exposto apresenta sua maior extensão sob os Depósitos Coluviais e Lacustres, com 135,26 km², representando 37,68% da área. A classe Floresta/Vegetação rala apresenta sua maior extensão sob os Tabuleiros Costeiros, com 227,73 km² representando 56,14% de área. A classe Floresta Densa apresenta sua maior cobertura sob os Tabuleiros Costeiros com 156,78 de extensão, representando 38,65% da área.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1461646 - CLAUDIA MARIA SABOIA DE AQUINO
Presidente - 1300002 - GUSTAVO SOUZA VALLADARES
Externo ao Programa - 003.847.296-14 - MARA LUCIA JACINTO OLIVEIRA - USP
Externo à Instituição - MARCOS EMANUEL DA COSTA VELOSO - EMBRAPA
Notícia cadastrada em: 14/06/2016 16:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 03/10/2022 06:24