News

Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA DE SOUSA MONTEIRO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA DE SOUSA MONTEIRO
DATA: 31/07/2018
HORA: 15:00
LOCAL: Sala 338 - Centro de Ciências Humanas e Letras
TÍTULO: EXPANSÃO URBANA E QUALIDADE AMBIENTAL: ESTUDO DA ZONA URBANA DA CIDADE DE TERESINA, PIAUÍ NO PERÍODO DE 2001 A 2016
PALAVRAS-CHAVES: Expansão Urbana; Meio Ambiente; Áreas Verdes; Parques municipais
PÁGINAS: 106
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Regional
ESPECIALIDADE: Análise Regional
RESUMO:

O processo de urbanização possui uma relação íntima com o crescimento populacional, dentro desse contexto vale ressaltar que a Revolução Industrial e o sistema capitalista foram determinantes para o crescimento populacional, nesse contexto de dinâmicas de crescimento as cidades passaram progressivamente a serem ampliadas ocasionando assim transformações nessas áreas e consequentemente resultando a expansão urbana. Desse modo, o reconhecimento da qualidade ambiental como parte integrante das cidades é fundamental para a identificação e compreensão da estrutura, das interações, das funções e os dos benefícios que ocorrem e provêm destes espaços. Diante disso a pesquisa pauta-se na seguinte questão: de que maneira a expansão urbana interfere na dinâmica e qualidade ambiental da cidade de Teresina? A pesquisa tem como objetivo geral: apresentar uma discussão, como estado da arte, de estudos realizados sobre a relação expansão urbana e qualidade ambiental no mundo, no Brasil e no Nordeste e a importância das áreas verdes nas cidades e como objetivos específicos: caracterizar os instrumentos utilizados para implantação das áreas verdes, como compensação ambiental e urbanística na cidade de Teresina/Piauí; identificar as áreas de compensação ambiental como fator de compensação da expansão urbana sítio urbano da cidade nos anos de 2001 a 2016 e discutir as alterações ambientais e suas implicações na qualidade ambiental oriundas do processo de expansão urbana da cidade. O recorte temporal do estudo foi baseado nos dados de expansão na cidade de Teresina. Visando atender aos objetivos da pesquisa, a metodologia utilizada foi efetivada em três etapas: pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e pesquisa de campo, com observação in loco e registros fotográficos. Com base na pesquisa teórica e prática até o presente momento, notou-se que a cidade passou por um processo de expansão urbana que transformou o cenário da cidade e, contudo sua qualidade ambiental. Nesse sentido, como resultados preliminares têm-se a caracterização da cidade de Teresina, como também a caracterização dos parques selecionados para o estudo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 302.181.523-53 - FRANCISCO SOARES SANTOS FILHO - UESPI
Interno - 2440142 - BARTIRA ARAUJO DA SILVA VIANA
Externo ao Programa - 741.078.603-53 - JORGE EDUARDO DE ABREU PAULA - UESPI
Notícia cadastrada em: 17/07/2018 15:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 04/10/2022 03:59